Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Repercussão 21/08/2019 | 17h16

Vereadores divergem sobre respostas de secretária do Turismo na Câmara


Vereadores divergem sobre respostas de secretária do Turismo na Câmara
Foto: Acervo Câmara de Vereadores

A convocação da secretária do Turismo na Câmara Municipal repercutiu no plenário durante a sessão desta quarta-feira (21). Renata Carraro esteve presente na terça, quando foi questionada pelos vereadores sobre o projeto da Prefeitura de Caxias do Sul de ingressar na Região das Hortênsias.

Em declaração de líder, o vereador Alberto Meneguzzi (PSB) disse que a secretária não tem competência para estar no cargo. Segundo o parlamentar, Renata deixou de responder à maioria dos questionamentos feitos pelos vereadores. Entre os quais, o fato de a secretária ter disputado e se classificado, em segundo lugar, em concurso público para turismólogo na secretaria que chefia.

Em aparte, o vereador Velocino Uez (PDT) ressaltou que Renata foi perguntada a respeito do que faria para resolver as reclamações sobre o estacionamento de ônibus de turismo na Av. Itália, porém o tema não foi respondido como desejava o pedetista.

O líder do governo na Câmara, vereador Renato Nunes (PR), aprovou as respostas da titular do Turismo e voltou a criticar o ex-secretário Jaison Barbosa, diante da falta de prestação de contas do Município para a Associação de Turismo da Região Nordeste do Estado (Atuaserra) desde 2011. O governista também aproveitou para criticar as declarações do secretário estadual de Turismo, Ruy Irigaray, contrárias ao ingresso nas Hortênsias.

A convocação de Renata se originou de requerimento assinado pelos vereadores Adiló Didomenico (PTB), Edson da Rosa (MDB) e Gustavo Toigo (PDT). Os autores apontaram riscos de a cidade ficar fora do Mapa do Turismo Brasileiro e não receber incentivos, situação que foi rebatida pela secretária.

No tempo regimental de 20 minutos, a secretária revelou que o pleito vem sendo trabalhado desde o final do ano passado pelo Executivo. Renata Carraro disse que a Justiça reafirmou o direito do Município decidir sem a autorização legislativa. Na opinião do governo, a mudança vai promover o desenvolvimento do turismo de Caxias.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.