Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Desaprovação 21/09/2019 | 16h14

Vereadores criticam proposta que destina espaço das bancas de revistas para a economia rural


Vereadores criticam proposta que destina espaço das bancas de revistas para a economia rural
Foto: Divulgação

Os vereadores autores do projeto que visa tornar as bancas de revistas como patrimônio cultural de natureza imaterial discordam da proposta da Prefeitura de Caxias do Sul, que destina as estruturas para serem utilizadas por agroindústrias ou venda de produtos ecológicos. A sugestão, que não é definitiva, foi encaminhada pela Secretaria Municipal da Agricultura ao Sindicato Rural de Caxias.

O projeto de autoria de Elói Frizzo (PSB), Paulo Périco (MDB) e Rafael Bueno (PDT) está em tramitação no Legislativo. Frizzo diz que não tem nada contra a venda de produtos coloniais, porém, considera a decisão absurda, porque as bancas são propriedades das pessoas que detinham a concessão. Para o socialista, a Prefeitura tenta justificar o injustificável.

O vereador Paulo Périco opina que seria interessante a Prefeitura manter as bancas e abrir novos espaços específicos para os produtores das agroindústrias, seguindo normas sanitárias.

Para o pedetista Rafael Bueno, causa estranheza a ideia, pois a liminar da ação que tramita na Justiça não permite intervenções nos prédios das bancas. Ele diz que a administração chegou a perseguir as agroindústrias, e agora a cruzada é contra a cultura.

Segundo a Prefeitura, as bancas de jornais e revistas funcionavam em áreas públicas sem licença adequada. Os espaços foram fechados no dia 24 de julho. Ainda conforme argumento do Poder Executivo, atualmente não há legislação municipal regulamentando a exploração do serviço. Duas bancas consideradas irregulares ficam na Praça Dante Alighieri, uma na Praça João Pessoa, uma na Rua Marechal Floriano (ao lado do Postão) e uma na Rua Alfredo Chaves, próximo à Prefeitura.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.