Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Atendimento Telefônico UBS 15/09/2021 | 16h11

Vereador protocola indicação ao Executivo sugerindo maior agilidade no atendimento telefônico das UBSs


Vereador protocola indicação ao Executivo sugerindo maior agilidade no atendimento telefônico das UBSs
Foto: Divulgação/Internet

O vereador Rafael Bueno (PDT) protocolou uma indicação ao Executivo solicitando maior agilidade no atendimento telefônico prestado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A iniciativa, tomada na segunda-feira (13), ocorreu depois de o parlamentar tomar conhecimento de diversas reclamações referentes à dificuldade de contato com 31 das 48 UBSs do Município. 

Em entrevista à Rádio Caxias, o vereador Rafael Bueno (PDT) disse que a situação se repete diariamente e que os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) têm encontrado dificuldade em contatar, pelo menos, 60% das UBSs, inclusive, aquelas de horário estedido.

Bueno afirma que isso acaba comprometendo o serviço prestado pelas UBSs, já que muitos desses usuários são idosos e fazem uso exclusivo do canal para marcar consultas e tirar dúvidas, inclusive, relativas ao recebimento da terceira dose contra Covid-19. 

O parlamentar ressalta que a situação causa constrangimento ao Município, na medida em que existe uma lei que assegura a marcação dessas consultas, via telefone. O que não está sendo cumprido e tem obrigado os usuários a procurarem as UBSs e causando outro problema, o risco de aglomeração. 

O vereador indica que a situação se agravou durante a pandemia, ante ao aumento expressivo de demanda que gerou junto à Atenção Básica. 

Porém, conforme ele, isso não pode servir de justificativa para causar outro problema, cuja solução é simples e perpassa a contratação de mais estagiários para fazerem este atendimento. 

Bueno espera que o Executivo acate a uma das medidas sugeridas por ele, a exemplo da criação de uma Central de Atendimento junto à Secretaria de Saúde ou então de um app. 

Na opinião do parlamentar, algumas dessas opções evitariam que as pessoas faltassem às consultas, queixa recorrente da SMS, pelo simples fato de não conseguirem contato com a UBS, a fim de comunicar a ausência, gerando um problema adicional ao tirar a oportunidade dessa vaga ociosa ser ocupada por outra pessoa.

Em contato com a  Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ela informou, por meio de nota, que  "não recebeu a Indicação protocolada na Câmara de Vereadores" e explicou ainda que 20% das vagas para consultas nas UBSs são agendadas por telefone, conforme cronograma próprio de cada Unidade. 

E acrescentou que em função do baixo interesse dos profissionais médicos em atuar na rede pública, a oferta de consultas está restrita. No entanto,   a SMS garantiu que 20% dos agendamentos têm sido feitos  por telefone, conforme previsto na Lei Municipal 7362/2011.

A SMS pondera, também, que as Unidades têm tido problemas frequentes com a telefonia e que nos últimos meses todas passaram a enfrentar maior demanda de trabalho em função da campanha de vacinação contra covid-19.

 


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.