Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Segurança 10/09/2019 | 16h02

Vereador contesta cedência de prédio do Senai José Gazola para Batalhão de Choque da Brigada Militar


Vereador contesta cedência de prédio do Senai José Gazola para Batalhão de Choque da Brigada Militar
Foto: Gabriela Bento Alves

O socialista Alberto Meneguzzi considera que a cessão de uso da estrutura física da antiga escola profissionalizante para a instalação do Batalhão de Choque da Brigada Militar está em desacordo com a legislação municipal. Isso porque o terreno foi cedido pelo Município ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para fins exclusivamente educacionais.

O convênio com a corporação foi assinado na última sexta-feira (06).

Na tribuna da Câmara de Vereadores na sessão desta terça (10), Meneguzzi salientou a importância do incremento para a segurança pública. Serão 110 novos policiais militares especializados em atendimento de grandes ocorrências. Entretanto, contestou a forma em que o convênio foi efetivado. Segundo ele, sem nenhum diálogo com o Legislativo.

Outro tema destacado por Alberto Meneguzzi foi a negativa da promotora Adriana Chesani sobre a liberação de uma vistoria do Legislativo às obras do antigo Postão 24 Horas, onde será instalada a nova UPA Central. O parlamentar lamentou o posicionamento do Ministério Público de que ele e o outro autor do pedido, vereador Kiko Girardi (PSD), recorram ao Judiciário.

A promotora Adriana Chesani argumentou que o Ministério Público realiza um inquérito civil sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) efetuado com a Secretaria Municipal de Saúde. O motivo é garantir a manutenção do pronto atendimento, apesar do fechamento do Postão 24 Horas.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.