Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Divergências 07/12/2019 | 14h32

Vereador afirma que instalação de agroindústria em banca é tentativa de afronta à Câmara


Vereador afirma que instalação de agroindústria em banca é tentativa de afronta à Câmara
Foto: Gabriela Bento Alves

A Câmara de Vereadores aprovou a classificação das bancas de revista de Caxias do Sul como Patrimônio Cultural da cidade na última terça-feira (03). A proposta era oriunda de um Projeto de Lei (PL) de autoria conjunta entre os vereadores Paulo Périco (MDB), Elói Frizzo (PSB) e Rafael Bueno (PDT). A matéria foi aprovada pela maioria no Legislativo, com o único voto contrário de Renato Nunes (PR). Entretanto, nesta sexta-feira (06), a Prefeitura colocou em funcionamento a venda de produtos agrícolas em um quiosque localizado na Praça Dante Alighieri. Anteriormente o espaço, que fica às margens da Rua Sinimbu, sediava a “Banca da Ana”.

Paulo Périco afirma que a medida tomada pela administração foi um ato de afronta à Câmara Municipal. Ele explica que não se posiciona contra a ocupação de bancas por parte de agricultores, destacando que o Plenário chegou a discutir a criação de novas estruturas para receber as vendas. Pontua que o Município acaba desrespeitando a sociedade caxiense, afirmando que o ato é ilegal. O emedebista defende que o prefeito Daniel Guerra (Republicanos) precisa ser responsabilizado. O vereador também declara que a ação vai gerar mais um custo à Prefeitura, prevê que quando um novo Governo assumir, tudo vai ser desfeito. Salienta que Guerra poderia ter criado novos espaços para a área agrícola, questionando o motivo de não ter se investido neste projeto.

O vereador Paulo Périco, que avalia como irracional a ação do prefeito, afirma que as bancas não são sequer adequadas para a comercialização de produtos perecíveis. O parlamentar ainda promete que, se necessário, a Câmara de Vereadores pode entrar na Justiça para fazer com que a Prefeitura cumpra com a lei aprovada na Câmara. A matéria ainda aguarda sanção ou veto por parte do chefe do Executivo. Périco espera que a mesma acabe sancionada pela presidência do Legislativo.


Departamento de Jornalismo Rádio Caxias


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.