Rádio Caxias

Notícias



ESTADO

Educação 19/10/2021 | 19h44

Universidades comunitárias gaúchas miram incentivos fiscais para cooperação com empresas do Rio Grande do Sul


CONFIRA O ÁUDIO


Universidades comunitárias gaúchas miram incentivos fiscais para cooperação com empresas do Rio Grande do Sul
Foto: Luiz Chaves/ Divulgação


Departamento de Jornalismo

O Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung) pretende fortalecer vínculos com o setor empresarial do Rio Grande do Sul. Para tanto, o Comung projeta a criação de um "Portal da Inovação", onde vão ser divulgadas oportunidades de cooperação. Assim, o portal seria espaço para exposição de soluções e demandas por instituições conveniadas e empresas. Na busca por avanço do projeto, a entidade pede por fomento. Segundo nota publicada pelo Consórcio, vão ser lançados editais de incentivo aos convênios entre ramos privados diversos e as universidades classificadas como comunitárias. Além disso, o grupo promete busca por financiamento e afirma que deve ser criada "estrutura regional de apoio e incentivos fiscais" ao programa.

O presidente do Comung, Evaldo Kuiava, confirma a busca por apoio, destacando a possibilidade de redução de impostos e mudança de legislações. Ainda assim, o reitor da Universidade de Caxias do Sul (UCS) pontua que a proposta do Consórcio visa uma mudança de postura. Kuiava comenta que o projeto pode modificar a forma como o estado se relaciona com a produção acadêmica. Para ele, a novidade pode permitir avanço na contribuição das instituições à sociedade.                         

Segundo Evaldo Kuiava, a proposta em desenvolvimento pelo Consórcio das Universidades Comunitárias pode auxiliar na efetivação de projetos acadêmicos. O reitor da UCS aponta que as instituições gaúchas contam com ampla produção intelectual, mas que boa parte dos trabalhos não passa da patente. Para ele, a cooperação com as empresas do Rio Grande do Sul pode oportunizar a geração de inovação e a qualificação da produção local.







Em breve
Nenhum jogo no momento.