Rádio Caxias

Notícias



REGIÃO

Crime 17/07/2019 | 22h20

Terceiro indiciado por assassinato em Bom Jesus se apresenta à Polícia Civil


Terceiro indiciado por assassinato em Bom Jesus se apresenta à Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Divulgação

Lucas Rodrigo da Silva Velleda, 20 anos, o LK, se apresentou na Delegacia de Polícia de Bom Jesus no fim da tarde desta quarta-feira (17). Ele é um dos indiciados pelo delegado Vitor Fernando Boff como responsável pela morte de Patrícia Marques Muller, morta em 21 de abril passado.

O criminoso era o último dos indiciados que ainda estava em liberdade. Lucas, que é natural de Porto Alegre, mas morava há quase um ano em Bom Jesus, foi indiciado pela Polícia Civil como um dos responsáveis pelo crime. Os outros são Douglas Córdova Borges, 20, e Tobias Almeida Santos, 21. O inquérito foi concluído na sexta-feira (12) passada. Lucas foi conduzido à DPPA Vacaria, e depois levado ao Presídio Estadual de Vacaria.

O corpo de Patrícia foi encontrado em 08 de maio passado, bastante carbonizado, em decomposição e desmembrado, na localidade de Mandassaia, a dez minutos da cidade de Bom Jesus. Segundo familiares, ela era usuária de drogas e estaria grávida de quatro meses.

A partir das informações periciais, a DP de Bom Jesus desenvolveu intensa investigação, que acabou identificando os três indivíduos que praticaram o crime triplamente qualificado, além da destruição e ocultação de cadáver. Diante de provas, a autoridade policial solicitou a prisão preventiva, aceita pela Justiça, de Douglas Córdova Borges, 20 anos, morador de Bom Jesus. Ele acabou sendo detido em 16 de maio. Neste dia os policiais encontraram drogas, sendo ele preso por tráfico, junto com um comparsa. Já Tobias Almeida Santos, 21 anos, foi detido no dia 31 de maio, em Porto Alegre.

A Polícia Civil ainda revela que existe um vídeo que foi feito pelos próprios criminosos, onde a vítima ainda estaria agonizando, e mostraria os criminosos se divertindo com o fato. Segundo informações e depoimentos, esse vídeo circulou por redes sociais, e foi visto muitas pessoas. Até o momento, a polícia não conseguiu ter acesso às imagens, e por isso é solicitado que alguém que tenha visto ou armazenado o vídeo colabore, apresentando-o. Será garantido todo o sigilo e o anonimato.

Segundo a investigação, Lucas pertenceria a uma facção, e depois de um convívio pacífico em Bom Jesus, descobriu que Patrícia, na cidade de origem dela, Feliz, tinha ligação com pessoas de facção rival. O assassinato ocorreu no domingo de Páscoa, dia 21 de abril, aniversário de Patrícia, e segundo informações que chegaram à Polícia Civil, até mesmo a data foi escolha deliberadamente pelos autores.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.