Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Avenida Parque 05/10/2021 | 14h46

Sindilojas defende liberação das calçadas antes da implantação de Avenida Parque em trecho da Júlio de Castilhos


Sindilojas defende liberação das calçadas antes da implantação de Avenida Parque em trecho da Júlio de Castilhos
Foto: Rafael Lopes

O Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Caxias do Sul aguarda ser convocado para tratar da possibilidade de transformação da Júlio de Castilhos em Avenida Parque. Embora coloque-se aberta para discutir a proposta, a entidade manifesta alguma discordância. Os empresários consideram que a área central da cidade tem demandas de maior urgência e afirmam que a interrupção do tráfego na Júlio vai afetar as vendas. Existe especial preocupação com o período escolhido para teste, com temor de que o movimento do mês de novembro seja afetado. Vale destacar que existe experiência marcada para ocorrer por três dias, entre 30 de outubro e 1° de novembro.

Ademais, a presidente do Sindilojas revela que há movimento forte do Comércio pela manutenção do fluxo de veículos na Júlio de Castilhos. Idalice Manchini explica que isso tem relação com o antigo calçadão que ficava junto da Praça Dante Alighieri, extinto por reclamações do setor. Ela avalia que a unificação da Avenida Júlio de Castilhos, com abertura do tráfego entre as ruas Marquês do Herval e Dr. Montaury, foi obtida com muita dificuldade.

A comerciante também sugere que a cidade tem questões que precisam ser resolvidas antes do projeto da Avenida Parque.Idalice cita a ocupação das calçadas da Júlio pelos ambulantes, afirmando que falta espaço para circulação de pedestres no Centro.

A transformação da Júlio de Castilhos em Avenida Parque é um projeto do Laboratório Urbano, em parceria com a FSG e Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM). A intenção é de fechar o trânsito em uma das faixas da via, que funcionaria como um parque para pedestres.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.