Rádio Caxias

Notícias



ESTADO

Educação 24/06/2020 | 12h12

Sindicato do Ensino Privado descarta volta de aulas presenciais no início de julho


Sindicato do Ensino Privado descarta volta de aulas presenciais no início de julho
Foto: Divulgação

Com o aumento no número de bandeiras vermelhas no Sistema de Distanciamento Controlado proposto pelo Estado do Rio Grande do Sul, será difícil retornar às aulas presenciais no dia 1º de julho, conforme cronograma anunciado no final de maio por Eduardo Leite (PSDB). A expectativa é de que o retorno gradual ocorra a partir da segunda quinzena de julho, mas isso ainda está sendo avaliado pelo governo, conforme foi anunciado por Leite na segunda-feira (22).

O presidente do Sindicato do Ensino Privado (Sinepe/RS), Bruno Eizerik, avalia que a decisão do Estado é compreensível, devido ao agravamento da situação imposta pelo coronavírus na região. Entretanto, ele pontua que é preocupante a situação econômica das escolas, especialmente da educação infantil, em função dos cancelamentos de matrículas e inadimplência. Para ele, essa situação deve se agravar em julho.

Eizerik informa que o Sinepe ficou frustrado com a não apresentação do calendário de volta às aulas. Há uma crítica para a falta de propostas para as regiões que não estão com a bandeira vermelha.

A orientação do Sinepe é para que as escolas sigam desenvolvendo o ensino remoto, investindo cada vez mais em tecnologia para manter a qualidade do ensino oferecida pela rede privada.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.