Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Transporte coletivo 22/02/2020 | 08h40

Secretário diz que sugestão de passagem em R$ 4,65 se deve a aumento nos custos


Secretário diz que sugestão de passagem em R$ 4,65 se deve a aumento nos custos
Foto: Leonardo Portella/Divulgação

O Conselho Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) esteve reunido na tarde desta sexta-feira (21) em Caxias do Sul. No encontro, realizado no Salão Nobre da Prefeitura, o colegiado aprovou a indicação do reajuste da passagem do transporte coletivo de Caxias do Sul para R$ 4,65, um aumento de 40 centavos.

Também foram aprovados os reajustes do transporte intramunicipais e interterminais. O valor do passe para os trajetos intramunicipais ficou em R$ 9,4792. Já para o interterminais o valor foi estabelecido em R$ 2,7940.

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Trânsito, Alfonso Willembring Jr., o aumento se deve a um amplo estudo por parte da equipe técnica da secretaria. Segundo ele, são muitas variáveis que compõem a tabela de influência no reajuste da passagem, como o aumento do custo da gasolina e os insumos do transporte, bem como o percentual de reajuste dos trabalhadores.

Willembring pontua que empresas que fazem o transporte intermunicipal no interior do município solicitaram o encerramento das atividades. Duas empresas terminaram o contrato nesta quinta-feira (20). Já em relação a uma terceira empresa, o contrato expira na próxima quinta (27); e outra, que também solicita o fim das atividades, ainda tem contrato até maio. Ele avalia que deva ser feito um contrato emergencial a título precário, para não desassistir a população do interior, também operando com o reajuste no preço da tarifa.

O secretário Municipal de Trânsito e Transportes ainda salienta que o contrato do transporte urbano com a Visate expira no mês de maio, e uma das grandes dificuldades que o Conselho tem encontrado é justamente com os prazos legais que devem ser cumpridos numa licitação desse porte. Ele prevê que seja difícil concluir os trabalhos até o vencimento do contrato. Para ele, será necessária também, a exemplo do transporte intramunicipal, a realização de um contrato emergencial posteriormente ao mês de maio.

As sugestões de valores aprovadas nesta sexta-feira serão encaminhadas ao prefeito Flavio Cassina, que poderá ou não acatar a decisão do Conselho.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.