Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Atendimento 10/06/2021 | 16h26

Secretaria orienta que pessoas com sintomas leves de Covid-19 busquem as UBSs


Secretaria orienta que pessoas com sintomas leves de Covid-19 busquem as UBSs
Foto: Divulgação/Internet

A dificuldade para atendimento da atual demanda que chega na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central é reconhecida pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Segundo a pasta, tanto a instalação da Rua Marechal Floriano quanto a UPA da Zona Norte registram aumento de 35% no número de consultas.

Entretanto, a questão preocupa ainda mais na Unidade do Centro, uma vez que esta é a instalação de referência para o recebimento de casos suspeitos de Covid-19.O crescimento da chegada de pacientes ainda se soma a dificuldade de manutenção de quadros médicos. Com a falta de profissionais em dados momentos, o recebimento de pacientes perde em agilidade.

Isto acaba resultando, por exemplo, na permanência de pessoas na zona de espera da UPA. A mesma teria nível de ventilação satisfatório, mas a longa permanência dos usuários no local não é vista como o ideal./ A Secretaria da Saúde garante que existe esforço em busca da celeridade, mas o recebimento excessivo de quadros mais leves é que estaria sobrecarregando a capacidade.Há algum tempo que a pasta tem solicitado que pessoas com sintomas mais brandos busquem as unidades básicas de Saúde (UBSs).

É o que destaca o diretor da Rede Municipal de Urgência e Emergência. Fábio Baldisseroto indica que as UPAs sejam a primeira opção para quem tiver quadros moderados ou graves. Ele relata que cerca de 80% das pessoas que buscam as unidades de pronto atendimento têm quadros leves da contaminação. Baldisseroto sugere que pessoas com tosse, coriza, febre baixa, dores no corpo e de garganta busquem as UBSs, atentando que o tempo de espera para estes quadros é longo nas UPAs.

Outro problema que a UPA Central vem enfrentando é a falta de funcionamento de elevador. O problema no equipamento seria antigo, com um histórico de panes em períodos chuvosos. Isto porque alagamentos no fosso do elevador acabam afetando parte do sistema. Recentemente a aparelhagem teria sido novamente danificada e um novo mecanismo deve ser adquirido pelo Município. Segundo a Secretaria da Saúde de Caxias, técnicos estão estudando formas de agilizar ao máximo a compra e substituição dos sistemas. Isto permitiria que o elevador da UPA voltasse ao funcionamento.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.