Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Luto na comunicação 09/10/2019 | 12h16

Radialista e advogado Nicanor Portela é sepultado em Caxias do Sul


Radialista e advogado Nicanor Portela é sepultado em Caxias do Sul
Foto: Pablo Ribeiro/Tua Rádio São Francisco

Atualizado às 18h30.

Um ataque cardíaco matou na noite desta terça-feira (08) o radialista e advogado Nicanor Portela, 72 anos. Uma das mais marcantes vozes da comunicação de Caxias do Sul nas últimas décadas, ele estava aposentado das funções no rádio há alguns anos.

José Nicanor Borges Portela nasceu em 04 de junho de 1947 em Coxilha Grande, sexto distrito de Vacaria. A família mudou-se para a área urbana quando ele tinha três anos, sendo criado apenas pela mãe, a qual sempre relembrava com muito orgulho e agradecimento. A vida pelos microfones começou cedo, em 1961, ainda na escola.

Com cerca de 14 anos, ele tornou-se líder estudantil, e montou um projeto para compor uma programação radiofônica denominada A Voz do Estudante, dentro da escola estadual que frequentava. Assim ficou conhecido, e acabou sendo convidado para trabalhar em uma emissora local, inicialmente como operador de áudio e substituto de noticiaristas.

A trajetória de Nicanor Portela foi relembrada em maio de 2015 na Rádio Caxias, em uma edição do programa Caxias Memória, apresentado por Paulo Cancian. Na data, Nicanor contou sobre a primeira entrevista que fez, quando teve que ir a um presídio gravar com um detento que possuía uma extensa ficha criminal.

Em 1968 Nicanor foi convidado para trabalhar na Rádio Independência, e assim se mudou para Caxias do Sul. No ano seguinte apresentou o primeiro evento ao vivo, sendo o mestre de cerimônia da Festa da Uva, ao lado de Cícero Ramos. Seguiu também o desejo de infância de cursar Direito, porém sempre acreditou que a comunicação fosse um caminho mais amplo para ter contato com as pessoas e criar uma rede de relacionamentos. Nicanor Portela ressaltou que o viés escolhido para se comunicar era o humor, por mais difícil que a situação fosse.

Portela também integrou dois grupos musicais na adolescência, sendo o vocalista dos conjuntos, Os Demás e Os Estranhos, porém a vida musical conflitava com a radiofônica, e na hora de escolher em qual caminho seguir preferiu o rádio. Por isso, também apresentou diversos programas musicais, mas o que mais lhe interessava eram programas de debates.

Nos 72 anos de vida de Nicanor Portela, 49 foram de trabalho em rádios no município, passando pela Independência, Princesa, Difusora e São Francisco. Nesta última marcou época, tendo sido a voz padrão da emissora por muito tempo. Nicanor também trabalhou em emissoras de TV e rádio em Porto Alegre. Ainda na entrevista no Caxias Memória, ele fez uma bela reflexão sobre a vida e a saudade.

O velório do radialista e advogado Nicanor Portela ocorreu nas Capelas São Francisco. O sepultamento aconteceu no fim da tarde desta quarta-feira (09), no Cemitério Municipal de Caxias do Sul.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.