Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Covid-19 23/05/2020 | 10h16

Quarta fase da pesquisa estadual com testes rápidos do coronavírus inicia neste sábado


Quarta fase da pesquisa estadual com testes rápidos do coronavírus inicia neste sábado
Foto: divulgação / internet

Moradores das cidades de Caxias do Sul, Pelotas, Porto Alegre, Canoas, Santa Maria, Uruguaiana, Santa Cruz do Sul, Ijuí e Passo Fundo realizarão 4,5 mil testes rápidos do Covid-19 entre sábado (23) e segunda-feira (25). A ação integra a quarta etapa da pesquisa que aponta a proporção de casos de coronavírus no Rio Grande do Sul. Em Caxias serão realizados 500 testes em residências sorteadas aleatoriamente.

O estudo inédito, coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), em parceria com o Governo do Estado, está mapeando os casos de Covid-19 a cada 15 dias para acompanhar a velocidade de disseminação do contágio em solo gaúcho. Os dados mais recentes do levantamento estimam que, para cada caso notificado, existam nove não contabilizados pelas estatísticas oficiais, o que seriam mais de 24,8 mil pessoas que já podem ter sido infectadas. Ou um infectado a cada 454 pessoas.

A terceira etapa da pesquisa foi realizada entre os dias 09 e 11 de maio, obtendo dez testes positivos. Destes, quatro eram de Passo Fundo, dois de Ijuí e os demais em Caxias, Pelotas, Porto Alegre e Santa Cruz do Sul, com um caso cada. Na segunda fase houve seis testes positivos e, na primeira, dois, o que comprova o aumento progressivo da pandemia.

Ao mesmo tempo, resultados das etapas anteriores forneceram as primeiras evidências do percentual de pessoas com anticorpos para o Covid-19, apontando tendência de aumento: na terceira fase, 0,22% das pessoas testadas apresentaram resultado positivo. Na primeira etapa, há quase 45 dias, esse número era de 0,05%.

Segundo os coordenadores da testagem feita por 12 instituições de ensino superior parceiras, incluindo a Universidade de Caxias do Sul (UCS), é fundamental que as pessoas recebam os entrevistadores e participem da pesquisa. Somente com essa colaboração o estudo poderá ter resultados precisos e colaborar com evidências científicas para estratégias de enfrentamento da pandemia. O teste demora em média 15 minutos e consiste em coletar sangue por meio do furo de um dos dedos das mãos.

Todos os entrevistadores são profissionais voluntários da área de saúde e têm cartão de identificação do estudo e estarão usando equipamentos de proteção individual (máscaras descartáveis, jalecos e sapatilhas descartáveis, luvas e óculos de proteção). Os resultados desta etapa serão divulgados por integrantes da coordenação do estudo e do Governo do RS em até 48 horas após a finalização da coleta de dados, ou seja, entre quarta (27) e quinta-feira (28).

O cronograma inicial da pesquisa previa quatro coletas de dados, contudo, há a definição de que pelo menos mais uma fase será feita, em dada ainda não definida.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.