Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Cargo 30/05/2020 | 17h40

Professora caxiense assume a presidência do Conselho Estadual de Educação


Professora caxiense assume a presidência do Conselho Estadual de Educação
Foto: Conselho Estadual de Educação/Divulgação

Não é um ano perdido, mas um ano diferente. Assim avalia o atual momento de pandemia a nova presidente do Conselho Estadual de Educação, a professora caxiense Márcia Adriana de Carvalho. Ela foi eleita na quarta-feira (27), e destaca que o ano civil, que tradicionalmente combinava com a organização educacional, em 2020 não terá essa vinculação em função da necessidade de que a carga horária seja complementada no início de 2021.

A docente, que é conselheira desde 2014, conta que o grupo estadual tem discutido também a alternativa de dar continuidade ao ano letivo reorganizado, pós-retomada, somando-se as atividades presenciais com as não presenciais. Ela entende que as atividades extras seria a medida mais exequível e possível para todos os estudantes.

Márcia relata que 2020 começou atípico, com algumas situações envolvendo a base nacional comum curricular e, em março, veio a pandemia. Desde então, o Conselho Estadual de Educação tem atuado em três frentes de trabalho. A primeira foi a emissão de um parecer para a excepcionalidade que estamos vivendo, dando continuidade às orientações às instituições do sistema estadual e autorizando atividades domiciliares.

A segunda frente tem trabalhado com a formulação de uma norma para monitorar as atividades domiciliares repassadas pelas escolas, quais tipos e formas de encaminhamento, como os colégios estão conseguindo acompanhar e se há avaliações sobre o conteúdo repassado. A terceira ação deve ser finalizada na próxima semana. Márcia de Carvalho conta que é produzido um documento em regime de colaboração.

Como exemplo, a professora cita a revisão do plano curricular de 2020, ação necessária que deva priorizar as aprendizagens essenciais, pois o currículo como um todo não poderá ser executado como foi planejado. O Conselho Estadual sugere que cada instituição tenha um plano de ação pedagógica com previsão de acolhimento de todos para este momento atípico e que, segundo Márcia, acarreta significativos impactos socioemocionais.

O Conselho Estadual de Educação tem 21 conselheiros, indicados por dez entidades, sendo sete indicações do governo estadual e 14 de outras nove representações. A nova presidente representa a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime-RS). Márcia Adriana de Carvalho é professora desde 1990 e especialista em Gestão Pública. Atuou na Secretaria de Educação de Caxias do Sul, foi secretária de Educação por oito anos em São Francisco de Paula e também presidente da Undime-RS, além de integrar a Undime Nacional.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.