Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Denúncia 08/07/2019 | 12h41

Presidente de comissão descreve como precária situação de funcionários no Canil Municipal


Presidente de comissão descreve como precária situação de funcionários no Canil Municipal
Foto: Gustavo Tamagno Martins

A vistoria realizada na última sexta-feira (05) pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores no Canil Municipal teve como objetivo verificar a situação de animais, funcionários e das condições de infraestrutura do local. A força-tarefa foi motivada após o recebimento de denúncias contra a precariedade do espaço, que abriga cães e gatos abandonados de Caxias do Sul.

Conforme o presidente da comissão legislativa, vereador Renato Oliveira (PCdoB), a denúncia, por exemplo, de que ratos circulavam entre os animais não se confirmou, sendo constatado apenas tocas que já estavam sendo tratadas com veneno pelos funcionários do Canil. Além disso, a denúncia também apontava que mais de 1 mil animais estariam sendo abrigados no espaço, que não comporta esta quantidade. Na visita da Comissão, não passava de novecentos.

Desta forma, para Oliveira, ficou claro que as questões pendentes foram sanadas, pois a equipe do Canil e Secretaria do Meio Ambiente (Semma) ficaram sabendo com antecedência da vistoria. No entanto, mesmo assim, ele diz ter ficado perplexo com a falta de cuidados em relação a quem trabalha no local.

O vereador relatou que não há chuveiro adequado para os funcionários se limparem. Também não há gás de cozinha para preparo das refeições no refeitório, e que a limpeza não estava de acordo. Enfatizando assim, que em breve, uma nova vistoria será feita no local.

Outro fator que está sendo investigado pela comissão é a contaminação de um funcionário por leptospirose, doença contraída por meio da urina do rato. No entanto, representantes do canil negam que o funcionário tenha contraído a doença no espaço.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.