Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Ajuda 21/11/2020 | 11h36

Prefeitura e Mitra reforçam pedido de doação de alimentos à campanha Caxias do Amor


Prefeitura e Mitra reforçam pedido de doação de alimentos à campanha Caxias do Amor
Foto: Fabiana de Lucena/ Prefeitura

O Poder Público de Caxias do Sul está enfrentando dificuldades para manter a confecção de refeições e a entrega de cestas básicas para famílias que tiveram a situação social agravada pela pandemia do coronavírus. Por meio da campanha Caxias do Amor, organizada pela Mitra Diocesana e pela Prefeitura, entre abril e outubro foram arrecadadas e doadas 337 toneladas de alimentos.

Porém, desde agosto a quantidade de doações tem diminuído consideravelmente. Também pelo fato de o número de pontos de coleta ser reduzido – em abril eram 92 locais e nesta semana eram 49. Em abril foram arrecadadas 81 toneladas de comida. Em agosto foram 44 toneladas, em setembro 34 e, no mês passado, 27 mil quilos. A tendência é de que a quantidade seja ainda menor em novembro.

Para reforçar o pedido de doações à comunidade, o prefeito Flavio Cassina (PTB), o bispo diocesano dom José Gislon e a presidente da Fundação de Assistência Social (FAS), Marlês Andreazza, convocaram uma entrevista coletiva na manhã de sexta-feira (20) para apresentar a queda nos números e frisar a continuidade da campanha Caxias do Amor.

Antes da pandemia, em março, a Prefeitura distribuía 1,4 mil cestas básicas. Atualmente, são 10 mil cestas entregues, sendo 6 mil encaminhadas pela FAS e 4 mil pela Secretaria da Educação. Além dos alimentos doados, o investimento do Poder Público é de R$ 3 milhões para a manutenção dos repasses.

Segundo o bispo diocesano, toda a campanha tem um período determinado para acontecer, contudo, a situação da pandemia se estendeu, e a colaboração foi diminuindo. Por isso, dom José Gislon faz um apelo à sociedade, citando a possibilidade de as pessoas terem um Natal mais simples e serem solidárias para que outras não passem fome. O bispo pontua que, diante dos olhos de Deus, seria um gesto muito bonito, pois o pouco que é partilhado faz a diferença na vida das pessoas.

Um apoio recente à campanha foi dado pelo Conselho Municipal de Defesa do Consumidor (Comdecon), que destinou R$ 100 mil para a compra de mil kits de higiene que também estão sendo distribuídos à população mais necessitada. Todas as doações podem ser feitas nos locais identificados com o banner da campanha.

Desde o início da pandemia, o Sábado Solidário (realizado nos segundos sábados de cada mês) também deixou de ocorrer. Para reforçar o movimento, no dia 05 de dezembro deve ocorrer um drive thru na Praça Dante Alighieri para arrecadação de comida e produtos de higiene. A ação será ampliada para supermercados parceiros. 

O secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Smapa), Valmir Susin; e a diretora de Segurança Alimentar e Nutricional da Smapa, Cristina Fabian Gregoletto, que atua no Banco de Alimentos, também participaram do encontro realizado no Salão Nobre do Centro Administrativo.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.