Rádio Caxias

Notícias



REGIÃO

Prisão 11/06/2021 | 10h15

Polícia Civil prende homem que estuprou, roubou e tentou matar jovem em Jaquirana


Polícia Civil prende homem que estuprou, roubou e tentou matar jovem em Jaquirana
Foto: PC/Divulgação

A polícia civil prendeu no final da tarde dsta quinta-feira (10), o homem acusado de estuprar, roubar e tentar matar uma jovem em Jaquirana, ainda em 1º de junho.O homem foi localizado e preso quando foi buscar mantimentos na casa de familiares.

Conforme relatos da vítima, em 1º de junho, ela se deslocou até o morro do Cristo em Jaquirana para realizar fotos. Durante o passeio foi abordada pelo investigado, que se aproximou  e roubou-lhe o celular, mediante ameaça. Ao perceber que estavam sozinhos naquela localidade o homem arrastou a vítima para uma área de mato, ainda no morro, e mediante violência a estuprou. 

Não satisfeito, e visando assegurar a ocultação dos crimes perpetrados, o investigado pegou uma pedra, de aproximadamente quatro quilos e efetuou diversos golpes na região da cabeça e face da vítima tentando matá-la. 

A vítima foi levada ao hospital de Jaquirana e em seguida para Caxias do Sul, com fraturas na face, crânio e correndo risco de morte, além de muito abalada  piscologicamente. Entendendo que a vítima estava morta, o investigado abandonou o local do crime, tentou revender o telefone subtraído, e após, se escondeu na mata fechada. 

Logo após os fatos, a equipe da delegacia de Bom Jesus e de Jaquirana, coordenadas pelo delegado Ancelmo Camargo, iniciaram as investigações, colhendo depoimentos, imagens, entrevistas e adotando todas as providências de Polícia Judiciária. Neste contexto, e após obter vários indícios da autoria, o delegado representou pela prisão do suspeito e outras medidas cautelares, que foram prontamente deferidas pelo Poder Judiciário, com parecer favorável do Ministério Público. 

Frise-se que as ações policiais foram em locais de difíceis acesso, pois os informes apontavam que o investigado estava escondido em local de mata fechada, e mudando com frequência de lugar para ser reconhecido, não se descartando também a fuga para Caxias do Sul.

Durante o interrogatório, na  presença do advogado, confessou circunstanciadamente os fatos, alegando que praticou os crimes pois estava sob efeito de drogas. Ao final, ele foi levado ao hospital para realização de exame de corpo de delito e conduzido para o Presídio de Vacaria, onde ficará à disposição da Justiça.

O homem é da região e recentemente havia deixado o Presídio Estadual de Vacaria.

 


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.