Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Mercado 20/11/2019 | 21h17

Pesquisa aponta aumento de credibilidade e projeta crescimento nas vendas da Black Friday


Pesquisa aponta aumento de credibilidade e projeta crescimento nas vendas da Black Friday
Foto: Divulgação/ Internet

A Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) apresentou na manhã desta quarta-feira (20) a análise dos dados colhidos da pesquisa feita com os consumidores de Caxias do Sul sobre as promoções de Black Friday. As entrevistas foram realizadas entre os dias 05 a 10 de novembro, na área central e bairros, com 392 moradores e consumidores de produtos no município. Os dados proporcionaram uma expectativa aos empresários de um acréscimo de vendas de até 10% em relação ao ano passado.

Das amostragens colhidas, chama a atenção o descrédito da população, pois 54% das pessoas não acreditam que os descontos praticados pelas empresas são verdadeiros. Nesta edição, de acordo com a pesquisa da CDL, também mudou o produto que ocupa no topo da lista de desejos da população. Os móveis estão em primeiro lugar com 15,24%. Já em terceiro lugar estão roupas e acessórios pessoais, que haviam sido os primeiros na lista no ano passado. Em segundo lugar, ficaram os eletrodomésticos com 14,29%.

Segundo Ivonei Pioner, presidente da CDL, a preferência por esses produtos de maior valor aquisitivo agregou no aumento do valor do ticket médio, totalizando R$ 663,40. Outro ponto destacado por Pioner foi a porcentagem de pagamentos, já que 44% dos entrevistados disseram que vão realizar as compras à vista e em maioria nas lojas físicas de Caxias do Sul. Além disso, a pesquisa coletou que os entrevistados desejam que as promoções ultrapassassem os 60% de desconto nos produtos.

Relacionando esses percentuais, o presidente comenta que a população precisa entender o objetivo da Black Friday, que é a movimentação de estoque das lojas e fidelização da clientela. Por isso, ao pagar um preço tão baixo, o cliente deve estar ciente de que vai adquirir um produto fora de linha.

Ivonei Pioner ressalta que foi realizado uma ação com os lojistas sobre como se comprometer com a época de promoções. Ele conclui que os lojistas estão preparados e orientados sobre os valores praticados e a legislação a ser seguida. Nesta edição, segundo o presidente da CDL, há uma parceria entre a instituição e o Procon para fiscalizar e garantir que não existam fraudes.

De acordo com Pioner, a promoção precisa estar de acordo com o produto ofertado. Se for de menor valor, deve ser oferecido um desconto maior e cobrança à vista. Em caso de item com maior poder aquisitivo, que o parcelamento facilitado seja o diferencial do lojista


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.