Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Canil Municipal 27/05/2022 | 17h12

Parque de Proteção Animal será instalado na localidade de Colônia Sertorina


CONFIRA O ÁUDIO


Parque de Proteção Animal será instalado na localidade de Colônia Sertorina
Foto: Reprodução Google


Por Diego Pereira | Departamento de Jornalismo

Por meio de uma coletiva de imprensa, a Prefeitura de Caxias do Sul divulgou nesta sexta-feira (27) onde ficarão localizados o novo canil municipal e o Parque de Proteção Animal.

No caso do canil, a estrutura ficará localizada em um terreno de 50 mil metros quadrados na localidade de Colônia Sertorina, na zona oeste da cidade. A área fica próxima da região da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Samuara.

O titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma), João Osório Martins, explica que a decisão do local foi técnica. Informa que uma permuta entre áreas deve ser realizada. O município irá ceder um terreno de dois mil metros quadrados no bairro Santa Lúcia em troca pelo espaço.

Além disso, relata ainda que o Parque de Proteção Animal não ficará nessa área permutada, mas sim em terreno ao lado, de 100 mil metros quadrados, que será locado  inicialmente pelo município, com possibilidade de compra. O valor da negociação ainda não foi divulgado.

Já em relação à construção do espaço, o secretário também informa que a ideia da administração municipal é permutar a obra de construção do canil com a atual área que abriga o alojamento, em São Virgílio da 6ª Légua. Sem se comprometer com uma data, João Osório estima que dentro de alguns meses a estrutura estará pronta e o canil poderá ser transferido.

O prefeito de Caxias do Sul, Adiló Didomenico (PSDB), afirma que o próximo passo será o envio do projeto de permuta da área para a Câmara de Vereadores. Ele informa que a proposta será encaminhada já na próxima semana.

Adiló ressalta a intenção do Município em construir todo o complexo sem a necessidade de desembolsar recursos. Além disso, aponta que a proximidade com a Estação de Tratamento também reduzirá custos com a drenagem dos dejetos, que, por meio da gravidade, serão levados para a Estação.

O chefe do Executivo comenta sobre a dificuldade em encontrar um local adequado. Ele relata a preocupação com o meio ambiente para não gerar ainda mais crédito de compensação vegetal ao Município.

O prefeito ainda explica que a localidade de Colônia Sertorina não estava como opção na consulta pública que foi realizada pelo Município, pois não havia sido autorizada pelo proprietário a divulgação do local. Além do mais, cita que o Executivo não teve tempo hábil de vistoriar o local antes da realização do processo, diante de prazos estabelecidos pelo Ministério Público (MP).







Em breve
Nenhum jogo no momento.