Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Regras 05/10/2021 | 19h34

Novo decreto em Caxias libera dança, 100% ocupação em ônibus e adapta comprovação vacinal em locais


Novo decreto em Caxias libera dança, 100% ocupação em ônibus e adapta comprovação vacinal em locais
Foto: Pixabay

A Prefeitura de Caxias do Sul publicou nesta terça-feira (05) um decreto com novas regras de combate ao coronavírus. A normativa local segue o protocolo da Associação de Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) e do Palácio Piratini. O Gabinete de Crise do Município esteve reunido na segunda (04). Portanto, os horários de funcionamento e a ocupação de estabelecimentos, como restaurantes e casas noturnas, lojas de conveniências, eventos sociais e festas infantis passam a ser regrados por esses protocolos, bem como acesso a velórios.

Pelas novas regras, deixa de valer o selo ‘Parceiro da Vacina’, que foi implantado pela Prefeitura no mês passado. O passaporte condicionava o funcionamento durante a madrugada dos estabelecimentos ao comprovante vacinal dos frequentadores. O selo foi revogado porque o Palácio Piratini passou a exigir a comprovação do imunizante em todo o Rio Grande do Sul, no caso das casas noturnas, bailes, eventos sociais e festas infantis que quiserem abrir pista de dança. Os estabelecimentos no geral também devem evitar aglomeração nas portas de saída e adotar medidas de controle do acesso de clientes.

Eventos infantis, sociais e de entretenimento, que recebiam até 350 pessoas, hoje podem acomodar, no máximo, 800 pessoas. Outra parte do decreto será um desafio quanto à fiscalização. Isso porque a atualização libera a prática da dança, desde que não sejam consumidos alimentos e bebidas.

O diretor de fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo (SMU), Rodrigo Lazzaroto, também interpreta que não há restrição quanto ao agrupamento de pessoas durante a dança. Para ele, a fiscalização, nesses casos, é uma tarefa complexa.

Houve ainda diminuição do espaço entre artistas e público, por exemplo, em teatros e similares, passando de 4 metros para 2 metros. Além disso, há liberação de 100% de ocupação no transporte público coletivo.

Ainda fica proibida a aglomeração de pessoas nas áreas localizadas no entorno de postos de combustíveis, que tem a responsabilidade de evitar essa prática. Caso contrário, poderão ter o funcionamento suspenso. 

A flexibilização de algumas regras é justificada pelo volume de pessoas já vacinadas no município. Já tomaram ao menos uma dose 372.105 pessoas, de uma população de 523 mil. 85% da população vacinável já tomou pelo menos uma dose, 54% da população vacinável já tomou a segunda dose ou dose única. Da população de 15 a 17 anos, 56% já tomou a primeira dose.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.