Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Educação 05/09/2019 | 09h50

Nova titular da 4ª CRE nega que militância partidária tenha interferido no processo de seleção para o cargo


Nova titular da 4ª CRE nega que militância partidária tenha interferido no processo de seleção para o cargo
Foto: Divulgação

Na próxima segunda-feira (09) a nova titular da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CRE) inicia as atividades no posto. Viviani Devalle vem de Itá, cidade do oeste catarinense com cerca de 6 mil habitantes, conforme a última estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Lá, a nova coordenadora acumulou experiências na área da educação, como direção de ensino e o comando da Secretaria Municipal de Educação Para assumir a 4ª CRE, a selecionada passou por um processo com diversas etapas, disputado também por três candidatas de Caxias do Sul. Todas as quatro postulantes à vaga, bem como todos os participantes da seleção promovida pela Seduc, puderam escolher mais de uma opção de Coordenadoria para se trabalhar. Viviani, que havia definido a unidade sediada em Caxias como segunda alternativa, afirma ter conhecido a Região apenas por viagem turística.

Por isso, a nova coordenadora de Educação afirma que vai fazer um trabalho para conhecer melhor a área. O Cpers/Sindicato e até mesmo a antecessora de Viviani Devalle, Janice Moraes, destacaram que os municípios englobados enfrentam sérios problemas no setor. A catarinense pontua que se sabe dos possíveis problemas a serem enfrentados na Região, comentando que o panorama é temporário e não é diferente de outras localidades. Declara que o quadro é reflexo de um período de carência em nível Nacional.

Viviani também destaca que já na segunda vai tratar de se adaptar à equipe da CRE, posteriormente devendo visitar as cidades e as escolas sob a própria coordenação. Ela promete ser acessível às sugestões que chegarem, que vai tentar atender as demandas na medida do possível. Reconhece o desafio mas crê na contribuição para o desenvolvimento da Educação.

A contratação das novas coordenadoras fez parte do programa “Qualifica RS”, que utilizaria parâmetros técnicos para a escolha de nomeados da gestão pública. Em material divulgado pelo Piratini em fevereiro deste ano, o Estado destacava que os processos de avaliação dos postulantes ao cargo culminariam na pré-seleção de três finalistas. Daí sairia a coordenação.

O processo foi questionado pelo Sindicato dos professores da rede estadual de Caxias, já que Viviani Devalle é filiada ao MDB, partido coligado ao PSDB, de Eduardo Leite. Legenda de Leide Mara Bender, prefeita de Itá quando a nova titular da 4ª Coordenadoria Regional foi secretária de Educação do Município. O Cpers afirmou que a escolha foi política.

Viviani rebate as críticas, manifestando que a militância e a ocupação de postos políticos de gestão na Região onde residiu não teve interferência no processo de seleção. Declara que não tem conhecimento do cenário no Rio Grande do Sul, salientando a distância de Itá para Caxias.

O curso promovido pela Secretaria de Educação do Estado para as titulares das Coordenadorias escolhidas vai seguir até a próxima sexta-feira (06). No sábado (08), Viviani Devalle já deve vir para Caxias do Sul. Ela, que elogiou o trabalho da antecessora, Janice Moraes, promete se manter aberta ao Cpers. A selecionada pelo Piratini considera que a entidade sindical é uma das pontes do Poder Público com a classe dos professores.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.