Rádio Caxias

Notícias



AGENDA

Espetáculo 18/09/2019 | 00h01

Moinho Nômade


Moinho Nômade
Foto: Maurício Concatto

Moinho Nômade é o novo trabalho do Coro Juvenil do Moinho/UCS (COJmo), que volta aos palcos com um espetáculo inédito, cantando histórias em diversos idiomas, cruzando fronteiras, expandindo seus limites e construindo novas sonoridades. A cantora moçambicana Lenna Bahule é a convidada especial para as duas apresentações de estreia do projeto. Bebendo de várias fontes, desde as nórdicas até as africanas, as músicas trazem arranjos vocais acappela ou acompanhados de banda, percussão corporal e, com bastante tempero brasileiro, uma mistura de todos esses ingredientes. O espetáculo será apresentado sábado e domingo próximos, dias 21 e 22, às 20h, no Teatro Pedro Parenti. Apresentando canções que integram o disco "Nômade", de Lenna, o COJmo e a artista moçambicana compartilharão o palco em um show imperdível. Nessa jornada musical, com dois momentos distintos no repertório, abre os caminhos visitando também a musicalidade latina e a brasileira, com Serena Assumpção, Paulo César Pinheiro, Mayra Andrade e Rosangela Macedo, entre outros.

Moinho Nômade é fuga e aterramento, chegada e partida, encontro e reencontro. É poder zarpar sem sair do lugar, posto que é moinho. Mas também desterritorializar fronteiras de pensamento, sem limitar o tamanho do passo, do pulo, do espírito, posto que é nômade. Moinho Nômade inventou-se na visita ao olhar do outro, da história outra, da vida outra. Constituiu-se no contraste com o diverso e com o avesso, no limiar da ciência e da intuição, das crenças e dos deslocamentos, tingindo sensações materializadas nos movimentos dos sons, cores e danças.

Lenna Bahule

Lenna é cantora, natural de Maputo, Moçambique, radicada em São Paulo desde 2012. Fundamentou sua pesquisa sobre a música vocal e diferentes caminhos para o uso da voz e do corpo como instrumento musical e de expressão artística. Estudou com artistas pioneiros de diversas técnicas, como Fernando Barba (Barbatuques- BR), Eleni Vosniadou (Técnica de Alexander- GRE), Rhiannon (Vocal River- USA) e participou nos álbuns Mestiça de Jurema Paes, Abrigação de Angelo Mundy, Palavras e Sonhos de Luiz Tatit, entre outros. Em 2016 lançou o seu primeiro CD “NÔMADE” que ficou na lista dos 100 melhores discos do ano e atualmente apresenta seu solo e integra o duo de baixo e voz Taubkin & Bahule, com o João Taubkin. Em 2017, fez a direção musical do espetáculo “Subterrâneo” do grupo de dança Sul Africana GUMBOOT DANCE BRASIL, em parceria com Rubens Oliveira.

Repertório

1. NÔMADA > Lenna Bahule

2. SEIDAMADEI > Folclore Escandinavo

3. OBALUAIÊ > Gilberto Martins e Serena Assumpção | Deep River > Spiritual

4. LAMENTO SERTANEJO > Dominguinhos e Gilberto Gil

5. POC LI DENTE É TCHEU > Canção Popular de Cabo Verde

6. NA VOLTA QUE O MUNDO DÁ > Paulo César Pinheiro e Vicente Ribeiro

7. LUA CHEIA > Rosangela Macedo

8. CUMBARÁ CUMBI > Lenna Bahule

9. KUNDAKA KAMBIDI > Canção popular Machope

10. NA KU PENDA > Lenna Bahule

11. HOYA HOYA > Canção Popular de Moçambique

12. KUPHURA KUPHIKA > Canção Popular das mulheres de Tumbuka/Henga

13. KUNGÔ > Lenna Bahule

14. LATINOAMERICA (trecho) > Calle 13

15. JANELA PARA O MUNDO > Milton Nascimento e Fernando Brant

Arranjos, transcrições e adaptações vocais: Teco Galati

 

SERVIÇO

O que: Show/Espetáculo Moinho Nômade

Quando: dias 21 e 22 de setembro/2019

Horário: 20h

Onde: Teatro Municipal Pedro Parenti

Rua Dr. Montaury, 1333 - Centro, Caxias do Sul

Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia entrada para estudantes e idosos).

Ingressos antecipados na bilheteria da Casa da Cultura de Caxias do Sul.

 

Produção Cultural 









Em breve
Nenhum jogo no momento.