Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Apoio 26/05/2019 | 18h23

Manifestantes pró-Bolsonaro fazem ato pelas ruas de Caxias do Sul


Manifestantes pró-Bolsonaro fazem ato pelas ruas de Caxias do Sul
Foto: Pedro Guterres/ Rádio Caxias

Cerca de mil pessoas compareceram ao ato pró-Bolsonaro ocorrido em Caxias do Sul. Os manifestantes se concentraram na Praça Dante Alighieri, portando cartazes de apoio ao presidente e a medidas propostas pelo Governo Federal. O grupo saiu da Praça por volta das 16h10, acompanhando os carros de som e caminhões utilizados pela organização do evento. O manifesto seguiu pela Rua Sinimbu até a Alfredo Chaves, rumando até a Pinheiro Machado. Mais tarde, os apoiadores da administração Federal voltaram à Praça Dante pela Sinimbu. Entre os participantes do ato, uma maioria trajava vestes amarelas e camisetas que faziam alusão a símbolos nacionalistas e da direita brasileira.

Um destas era a advogada Suelena Barcellos Ritter, que afirma que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deu esperanças de um País sem corrupção. Ela crê que as pessoas que votaram pelo atual Governo buscam um Brasil mais amoroso e humano, com menos machismo e paternalismo. Se coloca contra benefícios que estariam sendo distribuídos e pede por carinho e diálogo entre as pessoas.

Já o aposentado Olmir Stangherlin defende que o presidente precisa ser honesto, defendendo as medidas do chefe do Executivo Federal até agora. Comemora o fim da parceria do programa Mais Médicos com Cuba e o fim das invasões de terra, que segundo ele, não ocorrem mais. Também exalta o crescimento na geração de empregos, salientando que participou do ato pensando nos jovens. Declara que reformas são necessárias para que as próximas gerações tenham lugar no mercado de trabalho e aposentadoria.

A expectativa da organização da manifestação em Caxias do Sul esperava a presença de cinco mil pessoas. A perspectiva acabou não se confirmando. O comparecimento pode ter sido atrapalhado por uma divisão entre os apoiadores do Governo. É o que reconhece o representante comercial Neimar Masotti, que lamenta a discordância. No entanto, ele ressalta a importância da manifestação, pois a mesma serviria para fortalecer as medidas que estão sendo encaminhadas para o Congresso Nacional. Por outro lado, considera que se a colaboração da parcela da sociedade que é favorável à situação for pequena, as propostas podem ser enfraquecidas. Masotti defende a necessidade dos projetos de Bolsonaro, frisando que o País vive um novo momento e que a população está engajada nas causas.

Dentre os tópicos defendidos pelos manifestantes presentes na ação deste domingo estão a aprovação da proposta das reformas da Previdência e Administrativa. A manifestação também se posicionou contrária à transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça para a Economia. Outra das bandeiras da mobilização foi a defesa do “Pacote Anticrime” do ministro Sérgio Moro.


Departamento de Jornalismo




GALERIA



CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.