Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Plano 11/06/2021 | 14h03

Lideranças empresariais caxienses celebram plano de concessões de rodovias estaduais da Serra


Lideranças empresariais caxienses celebram plano de concessões de rodovias estaduais da Serra
Foto: Divulgação/Internet

O plano de concessão de rodovias estaduais teve os primeiros detalhes apresentados pelo Governo do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (09)./ Com previsão de contratos de 30 anos e investimento de aproximadamente R$ 2,8 bilhões, a promessa é de forte ganho nas estruturas de mobilidade da Região./ Dentre as obras previstas, está a duplicação da ligação com Porto Alegre, bem como ampliações na RSC-453 e na ERS-122 já nos primeiros cinco anos de vínculo. Estas notícias são celebradas por lideranças da Serra Gaúcha, especialmente do setor empresarial./ Há muito que ocorre cobrança por melhorias na insfraestrutura de acesso e de escoamento regional. Vale destacar que o planejamento de parcerias público-privadas envolve o programa “Avançar”, que também conta com agenda de obras de manutenção. A 122 e a Rota do Sol estão incluídas entre as estradas que vão receber aportes.

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul comemora o anúncio das concessões e do investimento em melhorias na malha serrana. Ivanir Gasparin ainda defende que a discussão sobre pedágios está superada, defendendo o formato como a melhor forma de garantir o desenvolvimento da estrutura.

Já o presidente do grupo Mobilização por Caxias do Sul (MobiCaxias) considera que parece haver uma convergência de esforços para o benefício da Serra. Carlos Zignani pontua que o MobiCaxias ainda não pôde fazer uma completa análise do que está proposto. Entretanto, ele comenta que existe foco na melhoria da conexão com a BR-101. Para o empresário, ainda é preciso buscar alternativas para a demanda.

Mobi e CIC Caxias fazem parte de grupo de trabalho que vai estudar as propostas do pacote de concessões do Governo Estadual. Sugestões devem sobre temas diversos podem sair deste comitê, o que pode envolver a cobrança por priorização de investimentos na conexão com a Capital e com a BR-101. De toda a forma, o empresariado defende equilíbrio na anexação de exigências no contrato de administração das estradas estaduais da Região via licitação.


Departamento de Jornalismo




GALERIA



CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.