Rádio Caxias

Notícias



JUVENTUDE

Caju 284 23/07/2020 | 13h01

Juventude vence o Caxias no clássico da retomada do Gauchão


Juventude vence o Caxias no clássico da retomada do Gauchão
Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

Após nove clássicos, o Juventude voltou a vencer o Caxias na manhã desta quinta (23), no Alfredo Jaconi. O jogo terminou 2 a 0, com amplo domínio do alviverde. A partida foi válida pela quarta rodada do segundo turno do estadual e marcou a retomada do futebol para a dupla Ca-Ju. Os gols foram marcados por Igor e Breno. Com a vitória, o Juventude sobe para a segunda colocação do grupo A, com quatro pontos, e conquista a segunda vitória no estadual. Já o Caxias fica em terceiro no grupo B, com sete pontos e sofre a segunda derrota no Gauchão. 

O jogo

No primeiro tempo, o Juventude empilhou chances de gol. E conseguiu marcar o gol na primeira chegada forte na área do Caxias. O lateral Igor invadiu a área pelo lado direito, chutou cruzado e a bola bateu no goleiro Pitol e foi morrer no fundo do gol grená: 1x0. A primeira chegada do Caxias aconteceu com Tilica, aos 19 minutos, após cruzamento de Diogo Oliveira e arremate para fora. Aos 23, após cobrança de escanteio, o zagueiro Thiago Sales subiu mais que a zaga adversária, desviou pro gol e a bola passou perto. A partir daí, só deu Juventude. O centroavante Rafael Silva teve duas chances claras. Aos 30, Rafael recebeu passe dentro da grande área e, com espaço, girou e chutou para fora. Aos 31, o centroavante Papo teve mais um arremate com perigo para fora. E aos 39, Cajá cruzou com perfeição na cabeça de Rafael, que arrematou para fora. O Caxias não criou chances claras de gol na reta final do primeiro tempo. 

No segundo tempo, o Juventude continuou determinado e marcou o segundo gol logo aos três minutos. Juliano perdeu a bola no meio e Breno avançou em velocidade. O atacante puxou pro meio e chutou. A bola ainda desviou no meio do caminho, enganando o goleiro Pitol: 2x0. Aos seis, o Caxias teve um gol anulado por impedimento. Minutos depois, Cajá entrou livre na área, chutou encima de Pitol, e perdeu a chance do terceiro gol. Aos 16, o Caxias teve a melhor oportunidade, por meio de um pênalti marcado por Vuaden, após a bola bater na mão de Igor. Porém, na cobrança, Ivan mandou uma bomba no travessão. No resto da segunda etapa, o Juventude administrou o clássico e garantiu a vitória. 

O Juventude atuou com: Carné; Igor, Genilson, Augusto e Eltinho (Fellipe); Gabriel Bispo, Tarta, Gustavo Bochecha (Marciel), Renato Cajá (Gabriel Terra); Breno, Rafael Silva (Bruno Alves). 

Já o Caxias jogou com: Pitol; Ivan, Thiago Sales, Jean (Jean Carlos), Bruno Ré; Juliano (Bruninho), Carlos Alberto, Diogo Oliveira (Yuri); Tilica, Juninho Potiguar (Vinícius Baiano); Gilmar (Da Silva). 


Departamento de Esportes






Em breve
Nenhum jogo no momento.