Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Lançamento 20/11/2019 | 17h58

Jornalista caxiense lança livro que resgata a história da Maesa


Jornalista caxiense lança livro que resgata a história da Maesa
Foto: Divulgação/ Facebook

A jornalista e ex-secretária municipal de Cultura Rubia Frizzo lançou na noite de terça-feira (19) o livro “Maesa Poema Arquitetônico – Patrimônio Histórico e sua Dimensão Econômica, Turística e Social”. A obra trata do processo de transformação da fábrica 2 da Metalúrgica Abramo Eberle S/A num espaço cultural, de convivência e de lazer para a comunidade.

No livro Rubia conta que a inauguração da segunda unidade da Maesa ocorreu em 1948, quando o império fundado por Abramo Eberle completou 52 anos, e sinalizou a fase de maior expansão da empresa. Na fábrica 2 estavam reunidas as operações de mecânica, fundição, forja e produção de talheres. No local foi realizado, entre outros projetos, a fundição das portas da Basílica de Nossa Senhora de Nazaré, em Belém do Pará; e das estátuas de bronze do Monumento Nacional ao Imigrante, inaugurado pelo então presidente da República Getúlio Vargas em 1954.

Os prédios estão erguidos numa área de mais de 53 mil metros quadrados localizada entre as ruas Plácido de Castro, Dom José Barea, Pedro Tomasi e Treze de Maio, no bairro Exposição. A jornalista explica que o complexo foi entregue ao Governo do Estado por conta de tributos devidos pela Mundial S/A, e que a Lei de Doação ao Município em 2014 estipulou uma série de requisitos a serem cumpridos. Rubia Frizzo coordenou a Comissão Especial para Análise de Uso da Maesa.

A ex-secretária municipal contextualiza na obra um pouco da história de Caxias do Sul, da Eberle e o processo para tornar o espaço de uso público. No capítulo Arqueologia Industrial, ela apresenta exemplos do Brasil e de outros países de patrimônios semelhantes que foram revitalizados e que se tornaram centros culturais.

O lançamento de “Maesa Poema Arquitetônico” ocorreu na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, junto à Casa da Cultura. O livro, que tem apresentação do filósofo e escritor Jayme Paviani, foi financiado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura. A obra foi publicada pela Editora São Miguel, tem 168 páginas e custa R$ 50.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.