Rádio Caxias

Notícias



ESTADO

Pandemia 16/06/2020 | 17h10

Governador Eduardo Leite confirma manutenção de bandeira vermelha na Região da Serra


Governador Eduardo Leite confirma manutenção de bandeira vermelha na Região da Serra
Foto: Facebook/Reprodução

O governador Eduardo Leite, por meio de uma transmissão on-line, anunciou na tarde desta terça-feira (16) uma reavaliação do sistema de distanciamento social controlado. Novos dados trazidos pelas prefeituras foram analisados, e também serão feitos ajustes no funcionamento do modelo aplicado pelo Estado.

No que se refere à da Serra, os dados apresentados pelos prefeitos não foram suficientes para alterar a classificação de risco na região, o que faz com que a região fique com a bandeira vermelha. Essa classificação já havia sido anunciada no último sábado (13). Leite ressaltou, por meio de gráficos, que há uma tendência sustentada de aumento de contaminação na região, o que justifica a manutenção da classificação de alto risco de contaminação.

A bandeira vermelha estabelece níveis maiores de restrição para as atividades econômicas. Os setores de Comércio e Serviços são os mais atingidos, pois fica permitido o funcionamento somente de serviços considerados fundamentais, como supermercados e farmácias.

Nas outras regiões que também foram classificadas com a bandeira vermelha no fim de semana, Santa Maria apresentou a inclusão de sete novos leitos, que não estavam computados até a última totalização dos dados, o que alterou da bandeira vermelha para laranja. A inclusão de novas informações também permitiu que a região de Santo Ângelo volte para a laranja. Já em Uruguaiana, mesmo com a inclusão de novas informações, não foi possível sair da vermelha.

A primeira mudança está na governança no modelo de distanciamento controlado, permitindo a discussão dos dados. As atualizações eram anunciadas nos sábados, e já na segunda-feira entrava em vigor. Agora, a consolidação dos dados vai ser na quinta e o anúncio da bandeira na sexta. Os municípios poderão fazer contestações nos dados, e as novas bandeiras entram em vigor na terça, o que dará tempo para ajustes.

Também foi anunciado que as áreas que forem a patamares mais drásticos, como a bandeira vermelha, não ficarão automaticamente nessa mesma condição por duas semanas, como estava determinado anteriormente. Com isso, já na semana seguinte vai ser possível voltar a uma situação mais amena.

O governador disse que não é necessário se apegar a formalismos que tragam pesadas repercussões na vida das pessoas, e por isso a abertura para que ajustes venham a ser feitos. No entanto, Leite reforçou a importância de que os dados dos hospitais e municípios sejam repassados com correção. Ele mostrou os dados completos de cada região, e mostrou que a bandeira é uma média de diversos indicadores analisados pelos técnicos do Estado, e por isso a importância do repasse correto das informações.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.