Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Estudo 13/01/2020 | 19h12

FAS deve promover estudo para apontar causas do aumento da população de rua


FAS deve promover estudo para apontar causas do aumento da população de rua
Foto: Luiz Chaves/ Divulgação

A Fundação de Assistência Social (FAS) reconhece haver um aumento no número de pessoas em situação de rua em Caxias do Sul. Além disso, teria chamado a atenção o crescimento de núcleos familiares que estão nesta condição na cidade. Este seria um indicativo de que a situação econômica tem influenciado no fenômeno.

 A Fundação também afirma que o vício em drogas também tem se tornado maior. Diante do cenário, a nova presidência propõe a análise dos principais motivos do quadro a partir da identificação dos perfis. Este deve ser feito em conjunto com as casas de acolhimento e do Centro Pop Rua. A expectativa é formular um novo plano de intervenção baseado nos dados coletados. Uma das tendências é de que a entidade proponha redes de atuação no Município com as secretarias municipais da Educação (Smed), da Saúde (SMS) e de Habitação (SMH).

A presidente da FAS afirma que pessoas em situação de rua são encontradas em cada vez mais pontos de Caxias. Marlês Sebben frisa que o aumento é preocupante, mas pede calma para que haja a reorganização da Fundação. Ressalta a necessidade de se verificar as causas do movimento, prometendo o empenho na investigação da questão para guiar o trabalho. Ela considera que a rua não é o local ideal para se viver, mas afirma respeitar o direito individual de escolha. No entanto, salienta que a assistência social serve para ofertar opções diferentes de vida

Marlês Sebben já atuou 12 anos na Fundação de Assistência Social. Durante a gestão de José Ivo Sartori (MDB), ela passou oito anos como diretora da entidade. Já na administração de Alceu Barbosa Velho (PDT), foi diretora da Fundação por quatro anos. 


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.