Rádio Caxias

Notícias



REGIÃO

Vila Oliva 29/05/2021 | 13h06

Expectativa do ministro da Infraestrutura é iniciar as obras do Aeroporto Regional da Serra em 2022


Expectativa do ministro da Infraestrutura é iniciar as obras do Aeroporto Regional da Serra em 2022
Foto: Reprodução


Em 1910, a chegada do trem mudou a rotina de Caxias do Sul. Três décadas depois um forte período de desenvolvimento ocorreu por meio da Metalúrgica Abramo Eberle. Em 1941 foi inaugurada a BR-116, então Estrada Getúlio Vargas. Nesse contexto, passados mais de oitenta anos, o aeroporto regional da Serra Gaúcha tende a ser um novo marco na história da Pérola das Colônias.

A importância do empreendimento foi ressaltada pelo senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) na manhã de sexta-feira (28), durante uma transmissão on-line em suas redes sociais para comentar sobre o lançamento do edital de licitação, feito pela Prefeitura de Caxias do Sul no dia 24 de maio.

Desde então está aberto o prazo, até 30 de junho, para a contratação da empresa que fará o projeto de toda a estrutura do aeroporto a ser construído no distrito de Vila Oliva, em Caxias. A live foi transmitida do Ministério da Infraestrutura, em Brasília, com a presença do ministro Tarcísio Gomes de Freitas.

Os prefeitos de Caxias do Sul, Adiló Didomenico (PSDB); e de Gramado, Nestor Tissot (PP); participaram do encontro virtual, assim como os representantes do MobiCaxias Carlos Zignani, Rodrigo Postiglione e Ruben Bisi; o presidente da CIC, Ivanir Gasparin; o diretor executivo das Empresas Randon e presidente do Conselho do Transforma RS, Daniel Raul Randon; além do secretário nacional da Aviação Civil, Ronei Glanzmann.

O ministro ressaltou a expectativa de contratar a obra em 2022, tão logo seja finalizado o projeto executivo. Tarcísio Gomes de Freitas destacou a importância do aeródromo para os mais de 50 municípios das regiões da Serra, Hortênsias e Campos de Cima da Serra, e o empenho de políticos e empresários para que o empreendimento se torne uma realidade.

O senador Heinze, definido pelo ministro como um entusiasta do futuro aeroporto, citou que o teto de investimento para a elaboração do projeto é de R$ 3 milhões. O progressista revelou que as prefeituras de Caxias e Gramado contratarão a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), visitada pelo prefeito Adiló Didomenico na última quarta-feira (26).

O ministro da Infraestrutura também citou outras ações em andamento no Rio Grande do Sul, como a duplicação da BR-116 no sentido a Pelotas; a dragagem do Porto de Rio Grande; o início da pavimentação da BR-285, em São José dos Ausentes, ligando a Santa Catarina; e a nova ponte sobre o Rio dos Sinos, que permitirá a duplicação da passagem de veículos na BR-116, em São Leopoldo.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.