Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Manifestação 14/08/2019 | 10h10

Entidades promovem mobilização por direitos sociais em Caxias do Sul


Entidades promovem mobilização por direitos sociais em Caxias do Sul
Foto: Alex Schneider/RádioCaxias

Ato pelos direitos dos trabalhadores, em prol da saúde pública e contra os contingenciamentos na educação, reuniu cerca de uma centena de pessoas na tarde desta terça-feira (13) em Caxias do Sul. O ato se iniciou às 16h, em frente ao prédio do Postão 24h, onde o público expôs a contrariedade ao fechamento do mesmo e ao objetivo de terceirização da instalação. O estabelecimento está fora de funcionamento para reformas pois deve se tornar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central.

Em seguida, os manifestantes rumaram em caminhada até a Praça Dante Alighieri. No local discursos foram entoados por representatividades de diferentes movimentos com o apoio de um carro de som. Dentre as entidades presentes estavam os sindicatos dos Servidores Municipais (Sindiserv), dos Professores de Caxias (Sinpro) e dos Trabalhadores do Ensino Privado (Sintep). Além disso a Marcha Mundial das Mulheres (MMM) também esteve presente compondo com tambores o aglomerado de faixas e bandeiras.

A ação fez parte de uma mobilização nacional encabeçada pelas organizações estudantis como a União Caxiense dos Estudantes Secundaristas (Uces). Integrante da Uces e estudante da rede estadual, Gabriel Oliveira de Souza da Silva, declara que o protesto faz parte de uma luta pelo futuro. Acrescenta que os temas questionados pelos manifestantes são importantes para o bem estar da população, exaltando a atuação da juventude e dos estudantes. Ele salienta que a união entre diferentes classes é fundamental para a reivindicação de direitos comuns.

A advogada e servidora da educação municipal, Roselaine Frigeri, explica que o ato que se iniciou pelas demandas da educação ganhou amplitude em Caxias. Reforça que a pauta da saúde pública e dos debates trabalhistas acabaram sendo incluídos no coro considerando que o momento é de diversos retrocessos no Brasil. Roselaine pontua também que a união fortalece as reivindicações.

Já o presidente do Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul, que também esteve presente na manifestação, enfatiza que a educação é a base de toda a sociedade. Nelson Antônio Bebber declara que o atual Governo Federal quer enfraquecer todas as políticas sociais. Defende que as demandas de diferentes setores são próximas e por isso a entidade compareceu ao ato. Ele acrescenta que o trabalhador de instituição financeira que tem filhos deseja que os mesmos possam ter acesso a uma educação pública de qualidade.

O protesto ocorrido na parte da tarde foi a segunda mobilização do dia em Caxias do Sul. Uma primeira mobilização já havia sido promovida por entidades sociais na parte da manhã. Nesta, a concentração teria ocorrido às 10h e as atividades seguido até as 12h30. A ação também teria reunido cerca de uma centena de participantes.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.