Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Deam 14/01/2022 | 12h00

Delegacia de Atendimento à Mulher alerta para crescente violência doméstica e familiar


CONFIRA O ÁUDIO


Delegacia de Atendimento à Mulher alerta para crescente violência doméstica e familiar
Foto: DEAM/ Divulgação


POR PEDRO GUTTERRES | DEPARTAMENTO DE JORNALISMO

A pandemia resultou em um aumento de casos de violência doméstica contra mulheres e o quadro teria piorado no último ano na relação com 2021. Pelo registro da Delegacia Especializada de Antendimento à Mulher (Deam), foram quase 3,4 mil boletins de ocorrência (BOs) emitidos em 2021. Este número representa uma média superior a 9 denúncias diárias. No ano anterior foram pouco mais de 2,6 mil BOs emitidos. Ainda assim, a avaliação é de que a atuação preventiva dos órgãos de segurança e judiciários impediram o crescimento de feminicídios. Mantendo índice similar ao de 2020, o ano passado encerrou com dois feminicídios consumados e três tentados. Todos os autores foram e permanecem presos. Quanto a pedidos de prisão preventiva, teriam sido mais de 100 solicitações enviadas à Justiça.

Além disso, no último ano foram encaminhados mais de 1,6 mil pedidos de medidas protetivas de urgência ao Judiciário pela Delegacia de Atendimento à Mulher de Caxias. Diante do quadro, a delegada Aline Martinelli afirma que o convívio e a relação entre agressor e vítima é um ponto que dificulta a quebra do ciclo de violência doméstica. Assim, a titular da Deam sustenta que é importante a realização de campanhas de conscientização do público feminino. Ela comenta que as relações abusivas vão aumentando a gravidade das agressões gradativamente e orienta que as mulheres busquem orientação ao primeiro sinal de violência. Aline alerta que a agressão pode ser física, psicológica ou um ato de controle.

Para Aline Martinelli, a Deam tem quadro defasado e necessita de mais servidores, bem como de melhorias estruturais e oferta de capacitações aos policiais. Ainda assim, ela celebra os resultados que a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher tem obtido. Vale destacar que a Delegacia é voltada ao atendimento de mulheres adultas que sofrem violência doméstica ou cujos autores são do próprio convívio.







Em breve
Nenhum jogo no momento.