Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Eleições 21/11/2020 | 18h02

Debate da Rádio Caxias entre Adiló e Pepe é marcado por alfinetadas e discussão de prioridades para o Município


Debate da Rádio Caxias entre Adiló e Pepe é marcado por alfinetadas e discussão de prioridades para o Município
Foto: Alex Schneider/ Rádio Caxias

Os candidatos Pepe Vargas (PT) e Adiló Didomenico (PSDB) travaram debate neste sábado na Rádio Caxias. No segundo debate do turno final das Eleições Municipais de Caxias do Sul, o clima respeitoso e até ameno foi perceptível entre os postulantes ao Executivo local. Ainda assim, a transmissão teve espaço para algumas polêmicas envolvendo referências a nomes nacionais tucanos e petistas. Enquanto um utilizou como artifício o “apelido” Pepe de Lula Vargas, outro rebateu com Adiló Aécio Didomenico. Em outro momento, repercutiu a permanência de grupos políticos no Poder Público caxiense. Aí, a nomeação dos secretários de Segurança, Hernest Larrat dos Santos, e de Obras, Gilberto Meletti, ex-CCs do tucano, foram citadas por Pepe para relacionar o oponente à administração. Didomenico negou ter feito indicações para a atual gestão da cidade.

Ainda assim, predominou a apresentação e o confronto de propostas entre os candidatos. Em diversos pontos, os políticos mostraram convergência, pelo menos, parcial. No entanto, as diferenças entre os concorrentes ao Paço Municipal também apareceram. Destaca-se o entendimento mútuo de que a dívida com a família Magnabosco precisa ser negociada. Da mesma forma, ambos expuseram a compreensão da necessidade de adoção de tecnologias para agilizar serviços da Prefeitura. Já sobre a utilização do espaço da antiga Fepagro, o que evidenciou-se foi discordância. Adiló Didomenico propõe a criação de um espaço para lazer e Pepe Vargas defende que o local receba a Escola Família Agrícola da Serra Gaúcha (Efaserra).

Esta existência de pontos comuns e divergentes é destacada pela fala de Pepe Vargas. Ele, todavia, considera que a cidade regrediu nos últimos anos, pontuando que este é um resultado de más gestões sobre diferentes áreas da administração. Pepe frisa que governos dos quais Didomenico participou contribuíram para a atual situação, defendendo a necessidade de renovação no Executivo. Acrescenta que trata como prioridades a área da saúde e a geração de emprego e renda, lembrando da atuação como médico, relacionando as bandeiras e a experiência com o momento vivido.

Adiló Didomenico avalia com naturalidade a convergência e divergência de ideias. Ele lembra da larga atuação política em Caxias e analisa estar preparado para gerir a cidade. Além disso, o tucano defende a importância do alinhamento com os governos Estadual e Federal, complementando que a proposta da chapa do PSDB é manter estas conexões. Didomenico acrescenta que este apoio é preciso para que o Município consiga recuperar-se dos impactos gerados pela pandemia de Covid-19.

A votação do segundo turno das Eleições Municipais de 2020 está marcada para o dia 29 deste mês, próximo domingo. O debate da Rádio Caxias não foi o último confronto entre os postulantes à chefia do Executivo Municipal. Nesta segunda-feira (20) é a vez da Câmara de Vereadores receber o enfrentamento de propostas e retórica entre Adiló Didomenico e Pepe Vargas.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.