Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Levantamento 24/01/2020 | 19h40

Crescimento das demissões em dezembro afeta saldo de empregos em Caxias do Sul em 2019


Crescimento das demissões em dezembro afeta saldo de empregos em Caxias do Sul em 2019
Foto: Marcello Casal/Agência Brasil/Divulgação

Em dezembro, Caxias do Sul contratou 3.108 pessoas e demitiu 5.967, tendo saldo negativo expressivo de –2.859 postos de trabalho. Por setor, a indústria segue desligando mais, com saldo negativo de 1.528 vagas no mês, seguida pelos serviços (–860), comércio (–191) e construção civil (–95).

Na microrregião de Caxias, que reúne 18 cidades, o saldo é negativo 4.456 vagas. O Rio Grande do Sul (–18.688) também fechou dezembro com mais desligamentos do que admissões, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta sexta-feira (24) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

Em 2019, o saldo geral foi de –67 postos de trabalho em Caxias do Sul, tendo 66.089 contratações e 66.156 demissões. Contudo, há uma divergência em planilhas do próprio site do Caged, sendo que uma delas informa que o saldo do ano passado foi positivo de 100 vagas. A gerência regional da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia de Caxias e o FGTAS/Sine informaram que verificarão na próxima semana o motivo da disparidade.

No ano passado, janeiro, fevereiro, abril, outubro e novembro foram os meses em que o saldo de contratações foi maior em Caxias do Sul. Março, maio, junho, julho, agosto, setembro e dezembro foram os períodos com mais demissões. Fevereiro foi o mês com mais admissões (8.072) e março o que teve mais demissões (6.723).

No Brasil, houve a criação de 644 mil vagas de emprego formal no ano passado, 21,6% a mais do que o registrado em 2018. De acordo com o Ministério da Economia, é o maior saldo de empregos com carteira assinada desde 2013. As cinco regiões do País fecharam o ano com saldo positivo. O melhor resultado foi no Sudeste, com a criação de 318,2 mil vagas. No Sul, houve abertura de 143,2 mil postos; no Nordeste, 76,5 mil; no Centro-Oeste, 73,4 mil; e no Norte, 32,5 mil.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.