Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Mapeamento 25/11/2021 | 13h38

Coordenadoria de Saúde orienta mapeamento para busca ativa de não imunizados


Coordenadoria de Saúde orienta mapeamento para busca ativa de não imunizados
Foto: Divulgação Internet

O Rio Grande do Sul passa a estar empenhado no avanço do índice de esquemas vacinais completos. A falta de comparecimento na segunda ou na terceira etapa da imunização é um dos desafios enfrentados por boa parte do Estado. Recente pesquisa  do Conselho das Secretarias Municipais da Saúde (Cosems-RS) apontou motivações mais frequentes para atraso ou falta de adesão à campanha. Constam com maior destaque na relação o medo de reações adversas e a dificuldade de comparecimento aos pontos de vacinação por conta da rotina. Também é relatada a desconsideração dos riscos atuais da pandemia, especialmente entre jovens, além da recusa por simples desinteresse na vacina. O trabalho teria confirmado suspeitas da Secretaria Estadual da Saúde, que promete ações conjuntas para a busca da população que ainda precisa se vacinar.

A titular da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde (5ª CRS), Cláudia Daniel, comenta que a orientação é para que as cidades façam mapeamento do público mais "resistente". Ela acrescenta que a unidade tem indicado que as prefeituras ampliem horários de atendimento e promovam ações especiais de imunização. Cláudia comenta que ações promovidas em finais de semana, por exemplo, costumam apresentar melhores resultados do que a campanha regular. A coordenadora atenta que, durante a semana, as pessoas ficam reticentes de deixar as obrigações para comparecerem aos locais de vacinação.

De acordo com a 5ª Coordenadoria de Saúde, a adesão à segunda dose na Região de Caxias do Sul tem apresentado melhora. No entanto, os órgãos da área percebem dificuldade no avanço da aplicação das doses de reforço. Esta é questão que já mobiliza planejamento do Poder Público regional, uma vez que a CRS projeta que a terceira dose possa ser liberada a pessoas na faixa dos 50 anos em breve. Desta forma, a Coordenadoria tem convocado as cidades da Serra ao trabalho de busca ativa do público. Em paralelo, os municípios precisam de especial atenção ao gerenciamento de doses, especialmente para com o material da Pfizer, cujo prazo para uso é mais curto.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.