Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Preocupação 26/03/2020 | 10h34

Conselho Municipal do Idoso critica pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro


Conselho Municipal do Idoso critica pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro
Foto: Divulgação

O pronunciamento em cadeia nacional do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite desta terça-feira (24), sobre a pandemia de escala global do novo coronavírus, gerou uma série de reações negativas. Médicos, governadores, prefeitos e até responsáveis por instituições de saúde e de auxílio aos idosos criticaram o que foi dito. É o caso da presidente do Conselho Municipal do Idoso (CMI) de Caxias do Sul, Vanisse Zancan.

Ela avalia que a fala de Bolsonaro contraria todos os especialistas, das organizações internacionais e até do Ministério da Saúde, liderado pelo ministro Luiz Henrique Mandetta. No que se refere aos idosos, ela pontua que todas as vidas importam, e que não se pode seguir a lógica do descarte.

Vanisse informa que o pronunciamento do presidente deixou o conselho muito preocupado, porque dá a entender de que quem não está dentro da cadeia produtiva não importa para o Governo Federal. Além disso, ela prevê que, com o descaso transmitido em rede nacional, seja difícil obter no futuro apoios para políticas públicas por parte do presidente.

Em contrapartida, a tranquilidade repassada pelo Executivo caxiense, salienta Vanisse Zancan, é importante para a comunidade idosa. Ela pontua que as medidas e os esforços do governo estadual também são essenciais para assegurar a saúde dessa população. As orientações, segundo ela, a serem seguidas são as desses poderes.

Além disso, ela salienta os serviços de assistência social da cidade, que atendem grande número de idosos, servidores e entidades parceiras do município, e que têm feito grande esforço para continuar o serviço via telefone nesse período de restrições. A orientação é de que os idosos fiquem isolados, mas ela informa que isso não significa que o monitoramento não esteja sendo feito pelo município.

O atendimento pode ser obtido pelos números dos Centros de Referências em Assistência Social (CRAS). De acordo com o censo de 2016, o Brasil possui aproximadamente 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos. A previsão é de que o país, em 2030, seja a quinta população do mundo com maior número de idosos.

Criado em 2001, o CMI tem o objetivo de definir, formular, coordenar e supervisionar as prioridades das políticas públicas municipais em relação à população idosa.

Telefones dos CRAS:

CRAS Centro – Gerente Melisa Boz – fone 9.8141-3150

CRAS Oeste - Gerente Vanisse Zancan – fone 9.9962-5761

CRAS Sudeste – Gerente Helena Facchin – fone 9.9959-8577

CRAS Leste: Gerente Edione Mores – fone 9.9625-7643

CRAS Sul – Gerente Franciele de Souza Pereira – 9.9183-8700

CRAS Norte: Gerente: Adelice Souza Pereira – 9.8135-7350


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.