Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Questionamentos 14/01/2020 | 10h58

Conselho de Saúde questiona extensas jornadas de trabalho na UPA Central


Conselho de Saúde questiona extensas jornadas de trabalho na UPA Central
Foto: Câmara de Vereadores de Caxias do Sul

O Conselho Municipal de Saúde quer explicações da empresa InSaúde, licitada ainda no governo do ex-prefeito Daniel Guerra (Republicanos) para gerir a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Central. Segundo o presidente do Conselho, Alexandre Silva alguns médicos plantonistas ultrapassaram as 24h trabalhando neste último fim de semana, entre sábado (11) e domingo (12). Ele quer esclarecimentos sobre essa suposta jornada de trabalho excessiva, e avalia que isso pode ser um dos motivos na demora do atendimento da UPA, que ultimamente tem chegado a até oito horas de espera. Ele questiona, sobretudo, se esses médicos realmente estão atendendo a população.

Alexandre pretende levar os questionamentos para o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (CREMERS), para que auxiliem e agilizem a obtenção de informações, visto que, segundo ele, ainda não foi possível um diálogo com a equipe gerencial da InSaúde.

Para o presidente do Conselho Municipal de Saúde, a fiscalização dos serviços prestados pela empresa é um dever essencial; e deve ser intensificado visto que, desde a reabertura da Unidade 24h, no final de 2019, o atendimento e os serviços prestados estão aquém dos esperados pela população do município.

A equipe de reportagem da Rádio Caxias tentou entrar em contato com a InSaúde, e foi informada que os responsáveis não darão entrevistas.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.