Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS

Primeira fase 05/02/2020 | 23h39

Com polêmica, Caxias empata com o Botafogo e está eliminado na Copa do Brasil


Com polêmica, Caxias empata com o Botafogo e está eliminado na Copa do Brasil
Foto: Luiz Erbes/ S.E.R Caxias

Em bela apresentação, mas com polêmica de arbitragem, o Caxias empatou em 1 a 1 com o Botafogo na noite desta quarta-feira (5), no estádio Centenário. O Caxias saiu atrás do placar, mas buscou o empate com golaço do meio-campista Carlos Alberto, aos 18 minutos da primeira etapa. No entanto, a boa atuação foi insuficiente para passar para segunda fase da Copa do Brasil.

O jogo

Na primeira etapa o Caxias foi muito superior ao time do Rio de Janeiro. Pois o grená foi intenso, trabalhando a bola com qualidade, com jogadas individuais e trocas de passes objetivas e em busca da vitória. Assim, antes do primeiro minuto, o atacante Juninho Potiguar roubou a bola no meio campo. Desse modo, Juninho disparou para grande área, após passar por dois marcadores e chutou rasteiro forte para meta de Gatito, mas para fora. Depois, no primeiro minuto, o atacante Vinicius Baiano, pelo lado direito, fez cruzamento para área, mas o goleiro do Fogão ficou com a bola. No contra-ataque, o time carioca ganhou falta pelo lado direito. Na cobrança, Carli desviou para meio da área e encontrou o centroavante Pedro Raul na pequena área, que colocou para o fundo das redes do goleiro grená.  

De tanto insistir, o time do Centenário foi para o ataque e, aos 18, depois de muita troca de passe na entrada da área, bola sobrou para Carlos Alberto, que encheu o pé. Assim, a bola foi morrer no fundo das redes do goleiro Gatito Fernandez. Depois do gol o Caxias continuou marcando em cima do adversário. E aos 32, o centroavante Gilmar recebeu bola na entrada da área e finalizou forte para gol, mas a bola passou a direita da gol do Botafogo. Oito minutos depois, Diogo Oliveira, pela ponta direita fez cruzamento para área e a bola bateu na mão do zagueiro do Botafogo, dentro da área. Mas, o árbitro nada marcou.

O Fogão não se encontrou no jogo. Aos 40, no contra-ataque, novamente, foi para o ataque com o lateral Guilherme Santos que cara a cara com o goleiro Pitol, tentou passe para Pedro Raul. Porém, o Carlos Alberto afastou. Um minuto depois, Pitol fez milagre, com boa defesa após cabeceada de Pedro Raul, alto no lado direito do gol.

O Caxias começou a segunda etapa levando susto. Logo aos sete minutos, o centroavante Pedro Raul cabeceou para o gol,  mas o goleiro Pitol ficou com a bola.  O dono da casa, novamente, fez uma marcação forte e explorou jogada pelos lados de campo. Já o Fogão saiu mais para partida, assim abrindo a defesa. E, aos 45, para segurar o empate, o goleiro do Botafogo fez uma grande defesa em cabeceio do zagueiro grená, Thiago Sales.

No final, aos 49, Vinicius Baiano recebeu bola pela esquerda e fez cruzamento para área. E a bola bateu na mão do zagueiro do Fogão. Porém nada foi marcado pelo árbitro da partida, Lucas Canetto Bellote, que na sequência finalizou o jogo. Após o término da partida, Lucas foi cercado por jogadores do Caxias, e acabou sendo agredido por um funcionário do Grená, armando-se uma confusão. A Brigada Militar teve que intervir, para garantir a segurança do juiz.

Com o empate em 1 a 1 com o Botafogo, o Caxias está eliminado da Copa do Brasil. Dessa forma, o time grená faturou R$ 540 mil, mesmo com a eliminação.


Departamento de Esportes






Em breve
Nenhum jogo no momento.