Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Eleições 2020 12/11/2020 | 15h01

Cinco locais de votação sofrem alteração de endereço em Caxias do Sul


Cinco locais de votação sofrem alteração de endereço em Caxias do Sul
Foto: Divulgação/ Internet

A Zona Eleitoral 136 foi a que teve o maior número de endereços de seções alterados para as Eleições Municipais 2020, com três trocas de sedes. Isto por causa da transferência das sessões do Salão Comunitário Cidade Nova para a Escola Municipal Cidade Nova. No bairro São José, os eleitores que votavam no antigo Senai José Gazola, atual instalação do Batalhão de Choque da Brigada Militar (BM), devem ir a escola Padre Antônio Vieira. 

Já no Instituto Estadual de Educação Cristóvão de Mendoza a alteração foi parcial, sendo que as seções 328, 329, 330, 331, 332 e 333 foram movidas para a Escola Dante Marcucci. Esta medida foi adotada por conta do grande número de cidadãos cadastrados para voto no local.

Por sua vez, a 16ª Zona Eleitoral teve alteração de endereço somente para os eleitores lotados na Escola Governador Roberto Silveira, do bairro Kayser. As seções foram transferidas para o salão da Comunidade São Paulo Apóstolo, no Rio Branco. Na Zona 169 foi feita mudança das seções da interditada Escola Atiliano Pinguelo, do loteamento De Zorzi, para a Escola Mário Quintana, do bairro Diamantino. 

Além destas mudanças, há um bom volume de “seções suprimidas”, que é a unificação dos votos de um local de votação em apenas uma mesa. Nestes casos não há troca de endereço. E a poucos dias do início das eleições municipais, a preparação conduzida pelo Cartório de Caxias do Sul está em fase final. É o que relata o titular da Zona 136, Vicente Angelo Cadore, que revela dificuldade por conta das desistências de voluntários devido à pandemia. Ainda assim, ele reforça que a organização está quase fechada, e adianta que a montagem das seções ocorre neste sábado (14).

O Cartório Eleitoral ressalta que somente eleitores de máscara vão ser autorizados a ingressar nos locais de votação. Nestes pontos estão permitidas apenas manifestações políticas de forma individual e silenciosa. Práticas de boca de urna são proíbidas e vão ser fiscalizadas pela Brigada Militar (BM) e Justiça Eleitoral, que já vem atuando para coibir a disseminação de notícias falsas.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.