Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS

Repercussão 06/02/2020 | 11h59

Caxias e CBF emitem notas a respeito dos fatos ocorridos entre Caxias e Botafogo


Caxias e CBF emitem notas a respeito dos fatos ocorridos entre Caxias e Botafogo

Caxias e CBF emitiram notas oficiais a respeito dos acontecimentos de ontem, após o apito final do árbitro Lucas Belotte na partida entre Caxias e Botafogo, pela Copa do Brasil. Jogadores, funcionários e comissão técnica do Caxias reclamaram de dois pênaltis não marcados pela arbitragem, um deles já nos acréscimos do segundo tempo, quando o Caxias buscava o gol da vitória.

Porém, os ânimos se exaltaram e um funcionário do clube acabou agredindo o árbitro com uma joelhada. O Caxias ressaltou que repudia qualquer tipo de conduta violenta, e informou que medidas cabíveis serão tomadas. Já a CBF também repudiu o fato, classificando a agressão como covarde. 

Confira as notas emitidas nesta quinta:

Nota oficial do Caxias

NOTA DE REPÚDIO
 
A Sociedade Esportiva e Recreativa Caxias do Sul – SER CAXIAS vem a público manifestar seu repúdio a qualquer tipo de violência, lamentando o episódio isolado envolvendo seu funcionário, ocorrido na noite desta quarta-feira (05/02), após a partida realizada entre esta equipe e o Botafogo de Futebol e Regatas, válido pela Copa do Brasil 2020.
 
A diretoria reafirma o seu compromisso com a ética e o respeito, assegurando que este tipo de conduta não representa sob nenhum aspecto seus princípios.
 
A SER Caxias tem como uma de suas diretrizes o fair play e nutre profundo respeito a todos os árbitros, personagens tão importantes para o futebol.
 
O Clube não tolera e não admite fatos como o de ontem, e informa que internamente tomará as medidas cabíveis.

Nota oficial da CBF

Nota oficial: CBF repudia agressão a árbitro da partida entre Caxias e Botafogo

A Confederação Brasileira de Futebol repudia com veemência a covarde agressão sofrida pelo árbitro Lucas Canetto Bellote, ao final da partida entre Caxias e Botafogo, válida pela primeira rodada da Copa do Brasil 2020. Cenas lamentáveis como esta não fazem e não podem fazer parte do cenário do futebol brasileiro. A CBF defende o respeito aos árbitros, que são atores imprescindíveis à prática do futebol, e entende que o agressor deve ser punido de forma rigorosa.


Departamento de Esportes






Em breve
Nenhum jogo no momento.