Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Eleições 2020 19/11/2020 | 10h20

Candidato Adiló Didomenico diz na CIC que não pretende rifar cargos na prefeitura


Candidato Adiló Didomenico diz na CIC que não pretende rifar cargos na prefeitura
Foto: Karine Zanardi dos Santos/CIC

A Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul, depois de promover encontros com os 11 candidatos a prefeito no primeiro turno, ampliou na quarta-feira (18) o debate político. Por meio de sorteio, o candidato Adiló Didomenico (PSDB), da coligação Levanta Caxias (PSDB/PTB/SD/PSC/Pros), foi o primeiro a participar da reunião-almoço presencial para apresentar detalhes do plano de governo no segundo turno. 

Em sua explanação, após apresentar um breve currículo, Adiló defendeu novamente que, ao lado da candidata a vice-prefeita Paula Ioris (PSDB), representa a proposta de um novo eixo político para a cidade. O tucano chegou a citar o ditado “diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és” para exemplificar a vida pública com atuação junto aos ex-prefeitos Mansueto de Castro Serafini Filho, Mário David Vanin, José Ivo Sartori e Alceu Barbosa Velho.

O candidato, que até antes da eleição era filiado ao PTB, disse ao prefeito Flavio Cassina, também presente na reunião-almoço, que está honrando o que havia dito aos vereadores, ou seja, está tentando destravar o Município. Nesse sentido, Adiló defendeu a mudança da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego para Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação. 

Uma representação mais efetiva em Brasília, um novo Código de Obras e a contratação de Cargos de Confiança (Ccs) técnicos também foram diretrizes apresentadas por Adiló Didomenico, frisando que não pretende rifar cargos. O objetivo dele, caso chegue ao Centro Administrativo, é atuar para que a autoestima das pessoas volte a ser grande como Caxias do Sul.

Outra pauta abordada é de que é preciso alterar a legislação estadual vigente para permitir que sejam feitas parcerias público-privadas no complexo da Maesa. Adiló contou que o segundo parágrafo da lei atual não permite tal prática, considerada fundamental para o desenvolvimento do espaço. O candidato disse que conversou com o governador Eduardo Leite (PSDB) na Mercopar para que seja encaminhado um projeto à Assembleia para evitar que esse detalhe emperre a ocupação. 

Na próxima segunda-feira (23), será a vez do candidato Pepe Vargas (PT), da coligação Caxias pra Frente (PT/PcdoB/Psol), participar da reunião-almoço da CIC. As reservas para o evento devem ser feitas no site ciccaxias.org.br.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.