Rádio Caxias

Notícias



ESTADO

Pandemia 25/09/2020 | 19h07

Bandeira laranja preenche todo o mapa do Rio Grande do Sul pela primeira vez no Modelo de Distanciamento


Bandeira laranja preenche todo o mapa do Rio Grande do Sul pela primeira vez no Modelo de Distanciamento
Foto: Governo do Estado

A classificação preliminar da rodada 21 do Modelo de Distanciamento Controlado deve ser definitiva, já que todo o Rio Grande do Sul recebeu a bandeira laranja de risco. Esta é a primeira oportunidade em que nenhuma macrorregião do sistema é classificada com o nível vermelho desde a 6ª semana do sistema. 

A nova ganhou tratamento especial do Governo do Estado, já que o anúncio teve direito a transmissão ao vivo do chefe do Executivo, Eduardo Leite (PSDB). A melhora no panorama do Estado ocorre com as quedas em hospitalizações, internações em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e óbitos por Covid-19. Leitos de UTI ocupados por pacientes de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e por coronavírus também tiveram declínio. Com isso, o volume de unidades livres teve aumento.

Durante a transmissão desta sexta, o governador lembrou da situação mais crítica do mês de julho e do início da estabilização dos indicadores ainda em agosto. Eduardo Leite relata que a redução na demanda por leitos de UTI começou a ser verificada há pouco tempo, e celebra a predominância da situação de risco médio. Todavia, ele atenta que a pandemia ainda é uma realidade a ser enfrentada, e pede cuidado à população.

O pedido de cuidado para manutenção da estabilidade do Estado ante a Covid vem um dia depois de Leite defender que as pessoas estivessem nas ruas cobrando por aulas presenciais. A manifestação foi exposta em transmissão ocorrida na última quinta-feira (24).

Apesar da situação aparentemente mais tranquila, no boletim desta sexta o Estado não deixou de emitir alertas nesta rodada do Modelo de Distanciamento Controlado. Ao contrário da maior parte do Rio Grande do Sul, as regiões de Santa Maria e de Bagé tiveram crescimentos no número de hospitalizações por coronavírus. Na cidade fronteiriça o aumento foi de aproximadamente 50% e no município da Região Central a elevação foi de quase 62%.
 


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.