Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Polícia Civil 19/11/2019 | 12h32

Autor de feminicídio se apresenta à polícia e é preso preventivamente


Autor de feminicídio se apresenta à polícia e é preso preventivamente
O local onde Ereni dos Santos foi morta. Foto: Edgar Vaz/Rádio Caxias.

José Waldemar Engelman, 62 anos, se apresentou na manhã desta terça-feira (19) à delegada Carla Zanetti, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM). Ele prestou depoimento sobre o envolvimento no feminicídio que teve como vítima Ereni dos Santos, 42 anos.

A delegada esperava pela apresentação dele na última quinta (14), mas isso não se confirmou. A titular da DEAM representou pela prisão preventiva do suspeito, no que foi atendida pela Justiça. Chorando bastante, Engelman assumiu a autoria do crime, e relatou que estava transtornado havia três ou quatro meses, sentindo a falta da vítima, e que não aceitava a separação.

Mesmo tendo se apresentado espontaneamente e acompanhado por advogados, Engelman foi recolhido ao sistema prisional, onde aguardará o andamento do inquérito policial. A arma do crime, um revólver calibre 38, foi apreendido no dia do crime, pela Brigada Militar. Já o carro usado pelo autor foi apreendido dois dias depois, e recolhido para ser periciado. A delegada Carla Zanetti, acredita que encerrará o inquérito em dez dias.

Ereni dos Santos, 42 anos, foi assassinada com cinco tiros na segunda-feira (11) da semana passada, na Rua Avelino José Lôra, no Desvio Rizzo. Os disparos foram feitos por José Waldemar Engelmam, após persegui-la pelo bairro e chegar até o local da abordagem, onde a vítima ficou encurralada em uma rua sem saída.

Na manhã daquele dia o casal havia participado de uma audiência judicial, onde teriam homologado o divórcio.


Departamento de Jornalismo






Em breve
Nenhum jogo no momento.