Rádio Caxias

Notícias



CAXIAS DO SUL

Prevenção 01/09/2019 | 17h15

Centro de Valorização da Vida promove ações do Setembro Amarelo em Caxias


 Centro de Valorização da Vida promove ações do Setembro Amarelo em Caxias
Foto: Gabriela Bento Alves/Divulgação

O nono mês do ano é reservado para apoio as pessoas com distúrbios emocionais e de prevenção ao suicídio. Para trabalhar a campanha, o Centro de Valorização da Vida (CVV) organizou palestras, ações de conscientização e atividades que reforçam a importância de falar sobre o tema.

O lançamento da programação do Setembro Amarelo, será nesta segunda-feira (02) às 19h, na sala das Comissões Vereadora Geni Pettefi, na Câmara de Vereadores. No dia 10, quando será celebrado o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, na Praça Dante Alighieri, um grupo de voluntários do Centro fará ações de orientativas aos pedestres.

O coordenador de divulgações do CVV, José Theodoro, convida a população para decorar as casas, os estabelecimentos comerciais, instituições e entidades com objetos de cor amarela. Segundo ele, o engajamento é importante para que todas as pessoas conheçam os problemas sociais que envolvem o suicídio. Ele ainda salienta que é uma ação sugerida e pode ser realizada com faixas, objetos ou luzes amarelas. Ele relembra que o Hospital Pompéia geralmente decora a faxada.

José Theodoro explica ainda que o CVV realiza atendimentos pelo telefone 188. São mais de 120 postos no país, atendendo em 23 estados e Distrito Federal, e três milhões de atendimentos anuais de forma gratuita. Em Caxias do Sul, há cerca de 70 pessoas voluntárias em regime de plantão 24 horas por dia, inclusive em feriados. De acordo com ele, o atendimento é sigiloso e os voluntários são treinados para prestar o auxílio.

O coordenador do CVV comenta que segundo dados colhidos, a cada 45 minutos uma pessoa morre de suicídio no Brasil. Destas a maioria é jovens com idade entre 15 e 29 anos, tornando o suicídio a segundo maior causa de morte no mundo. José Theodoro, ressalta que os motivos das ligações atendidas são infinitos, porém, próximo de datas comemorativas, onde as pessoas sentem-se mais sozinhas ou relembram de tempos passados que conviviam mais com a família, o fluxo de ligações aumenta.

Os temas das palestras e demais informações sobras atividades do Setembro Amarelo, estarão disponíveis a partir de segunda-feira(02) no site cvv.org.br.

A campanha se iniciou em 2015 em nível mundial e a cor amarela foi escolhida por causa da história de um jovem americano de apenas 17 anos, chamado Mike Emme. Ele tirou a própria vida dirigindo um Mustang 68, amarelo em 1994.


Departamento de Jornalismo


CONFIRA O ÁUDIO








Em breve
Nenhum jogo no momento.